O Farol - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

CINEMA

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Estamos vivenciando na pele o poder destruidor de um isolamento.

O sofrimento não é só físico, mas também mental. E o que acontece quando ele é levado a condições extremas?

Como fica nossa mente perante a obrigação da, literalmente, exclusão? Ephraim escolheu sentir isso na própria pele. E o resultado não será nada bom.

 No cosmo, existe um poder de destruição mental, tão profundo e ancestral, que o simples fato de sabermos que um inominável possa existir nos levaria a loucura.

É mais do que luz.

Foto: Reprodução
 

 Dirigido por Robert Eggers, o mesmo direto do filme A Bruxa, O Farol (The Lighthouse) é terror norte-americano. O filme recebeu uma indicação ao Oscar 2020, na categoria de Melhor Fotografia.

 O elenco do filme conta com Willem Dafoe, como Thomas Wake, e Robert Pattinson, como Ephraim Winslow.

 No início do século XX, um faroleiro chamado Thomas Wake vive em uma pequena ilha, que mais se parece com um rochedo perdido entre as ondas. Ele precisa de ajuda para continuar o trabalho de manutenção do seu farol.

 O jovem Ephraim Winslow se candidata e é contratado para executar as tarefas diárias. Porém, existe uma regra inquebrável: somente Thomas pode entrar na sala do farol.

 As semanas vão passando, o isolamento começa a ser sufocante para os dois, e a curiosidade sobre os eventos que acontecem na sala de luz fica cada vez mais insuportável.

 Ephraim precisa saber. Ephraim vai preferir não ter desejado saber.

Foto: Reprodução
 


Claquete

 Um filme estranho. Ele vai te deixar estranho, vai te incomodar do começo ao fim, vai brincar com seu entendimento, vai te confundir sobre tudo e, principalmente, vai te fazer mergulhar em camadas e mais camadas de interpretação.

É isso que sentimos ao assistir O Farol. Além de uma fotografia impecável, trilha sonora memorável e atuações incríveis, tanto de Dafoe quanto de Pattinson, O Farol é um longa muito desconfortável. E é isso que faz dele um dos melhores terrores dos últimos anos.

Se você gosta de fugir do convencional e embarcar no desconhecido, ele é perfeito.

Pegue seu barco e vá. Mas saiba, não haverá volta.

 

Foto por
Foto por
Foto por
Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "O Farol"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias