O Diabo de Cada Dia - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Claquete

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em 23.10.2020, 14:29:25 Editado em 23.10.2020, 14:29:19
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

A guerra não é para os fracos. Nem para os fortes. Nem para ninguém.

O trauma de viver em campo de batalha, ver seus companheiros e “inimigos” retalhados, presenciar vidas caindo como chuva em tempestade, é algo que nenhuma pessoa deveria viver. Mas isso é utopia. Devemos trabalhar com a realidade.

E ela é traumática. Muitas vezes cruel e injusta. Coisas boas acontecem às pessoas ruins e coisas ruins às boas. Quem nunca presenciou isso? Essa é a realidade.

Crescer em meio a tudo isso é quase que uma loteria. Isso se for possível chegar a vida adulta. Vive quem tiver sorte.

Tudo isso que escrevi é sobre um filme. Mas podia ser um dia na vida de alguém que está mais próximo do que você imagina.

Foto: Reprodução
 

Seu elenco conta com Tom Holland, como Arvin Russel, Mia Wasikowska, como Helen Hatton, Robert Pattinson, como Preston Teagardin, Sebastian Stan, como Lee Bodcker, Jason Clarke, como Carl Henderson, Harry Melling, como Roy Laferty, Haley Bennett, como Charlotte Russel, e Bil Skarsgard, como Willard Russell.

Diversas vidas conectadas por traumas, medos, crenças e violência. Willard Russel é um veterano da Segunda Guerra Mundial, atormentado pelas memórias do banho de sangue que viveu. Mesmo com toda sua crença e sacrifícios, sua esposa não está resistindo ao câncer agressivo que tem.

Nas estradas, um casal de assassinos percorre as cidades em busca de seu próximo alvo. Um modelo ideal para que possam fotografar e, segundos depois, eliminar. Tudo isso com um sorriso no rosto e um olhar destruidor.

E aqui está nosso protagonista, Arvin, filho de Willard, que teve que crescer sozinho neste mundo repleto de gente corrupta, assassina, que abusa de seu poder e destrói vidas simplesmente por prazer. Qualquer semelhança com o mundo real não é mera coincidência.

O Diabo de Cada Dia é um filme visceral, que escancara alguns dos lados mais sombrios de nossa sociedade: o desespero, o abuso de poder, a crença cega, a violência e principalmente o abandono. Um roteiro bem amarrado, cenas bem construídas e atuações surpreendentes, com destaque para Robert Pattinson que, sempre que aparece na tela, brilha.

Foto: Reprodução
 

Um longa para quem gosta de um drama bem trabalhado no suspense, de diálogos fortes e cenas que te fazem grudar no sofá. Se você quer ir até os lados mais imorais e cruéis, O Diabo de Cada Dia é um prato cheio.

Fique atento, sempre. E não deixe ninguém te dizer, nem por um segundo, que está delirando. É tudo real.

Foto por
Foto por
Foto por
Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "O Diabo de Cada Dia"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Mais Notícias