Claquete

Era Uma Vez Em… Hollywood

Da Redação ·

Cor, dança e cinema. Sol, praia e ingressos esgotados. Atores, dublês, roteiristas e diretores para todos os lados. Essa é a Hollywood de 1969.

continua após publicidade

Mas onde coisas boas acontecem, coisas ruins estão sempre à espreita.

O diretor mais cobiçado do momento é Roman Polanski, que tinha acabado de lançar seu maior sucesso até então, "O Bebê de Rosemary". Sua esposa, a atriz Sharon Tate, está grávida.

continua após publicidade

Mais motivos para alegria, certo? Nem tanto. Uma "família", que vive em uma fazenda próxima, sabe de tudo isso.

A Família Manson. O resto é história.

Esses são os bastidores de uma época que marcou os Estados Unidos. Era uma vez... em Hollywood.

continua após publicidade

Era Uma Vez Em… Hollywood fonte: Reprodução


Dirigido por Quentin Tarantino, que tem em seu currículo filmes como Bastardos Inglórios, Cães de Aluguel, Django Livre, Pulp Fiction, Kill Bill, entre outros, "Era Uma Vez Em… Hollywood" é uma comédia dramática de 2019.

continua após publicidade

Seu elenco conta com Leonardo DiCaprio, como Rick Dalton, Brad Pitt, como Cliff Booth, Margot Robbie, como Sharon Tate, Dakota Fanning, como Lynette Fromme, e Al Pacino, como Marvin Shwarz.

Los Angeles, 1969. Rick Dalton e seu dublê Cliff Booth tentam construir uma carreira de sucesso e prestígio em Hollywood. Isso depois de trabalharem por anos em seriados de “Western”, os famosos "Bang Bang".

continua após publicidade

Ao entrarem de cabeça nesse objetivo, eles acabam conhecendo muita gente da indústria cinematográfica. Pessoas com influência e nome já construído, como o diretor Roman Polanski e, sua esposa e atriz, Sharon Tate.

O mundo de Hollywood não abre as portas para todos, mas quando alguém entra, fica difícil sair.

Era Uma Vez Em… Hollywood fonte: Reprodução

Uma tempestade de referências dos bastidores da indústria cinematográfica. Nem Bruce Lee escapou. O lado mais profundo do amante de cinema que existe dentro de Quentin Tarantino nos deu as caras nesse longa.

Para quem espera comédia e drama, diálogos e violência, um prato cheio. Um filme que tem todas as assinaturas que consagraram o diretor. E claro que, quem o conhece, já se pergunta: como ele vai reescrever mais uma vez o passado?

Mistérios e intrigas. Seitas e câmeras. Um final trágico. Para que lado? Vai ter que ver para descobrir.

Tags relacionadas: #CLAQUETE #Hollywood