Claquete

A escolha é sua. Bandersnatch

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia A escolha é sua. Bandersnatch
A escolha é sua. Bandersnatch
A escolha é sua. Bandersnatch fonte: Reprodução


continua após publicidade

A escolha é sua. Todas elas. Do começo ao fim. Mas que começo? Qual fim? Aí, meu amigo, é você quem decide.


continua após publicidade

Pode ser do final de semana, daquele feriado prolongado, do novo curso que está pensando em fazer. Ou podemos ir pouco mais fundo e pensarmos “da sua vida”.


Todas as escolhas estão em suas mãos. A cada uma tomada, milhões de ramificações de um futuro consequente dela nascem imediatamente. Outras da opção rejeitada morrem. Assim vai.

continua após publicidade


E para ficar um pouco mais assustador do que já era e brincar com as escolhas e consequências, Black Mirror deu um passo além. 


continua após publicidade

É isso que a série de ficção mostrou com Bandersnatch. 

O filme do famoso seriado que adora “bugar” a cabeça dos telespectadores resolveu transbordar a tela e colocar seu público dentro da história. Agora, quem está no conforto do sofá não é mais um mero passivo desta trama, mas faz parte dela.


continua após publicidade
A escolha é sua. Bandersnatch fonte: Reprodução



Quer saber mais sobre este filme? Se sim, leia a sinopse abaixo. Se não, pule três.

Diretamente do ano de 1984, acompanhamos a vidade um jovem programador apaixonado por videogames. Seu grande objetivo? Conseguir fazer uma adaptação fiel do livro Bandersnatch para a plataforma.
 
O problema é que esta obra literária acaba mexendo com sua cabeça, assim como aconteceu com seu autor. O livro é todo elaborado no estilo “escolhas e consequências”. Ou seja, ele se desenrola em um enorme, e complexo, universo de possibilidades.


continua após publicidade

E é isso que ele busca passar em seu jogo. Mas perde o controle. Agora, ele está em suas mãos, caro leitor.


Se você pulou direto para este parágrafo e preferiu viver toda a experiência como uma incrível surpresa, parabéns, vale a pena. Eu fiz como você. Fui de cara limpa ver como será o futuro do entretenimento televisivo.


A escolha é sua. Bandersnatch fonte: Reprodução


Isso significa que é a morte dos programas roteirizados? Aposto que não. Porém, tenho certeza que esta será apenas a primeira de inúmeras experiências imersivas que este novo modelo de consumir conteúdo televisivo vai nos proporcionar.

 E eu confesso para você que estou empolgado.
 
É o futuro!