Mais lidas

    Apucarana

    PANDEMIA

    Decreto: Veja o que pode funcionar em Apucarana

    Decreto: Veja o que pode funcionar em Apucarana
    Foto por TNOnline
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 26.02.2021, 20:16:05 Editado em 26.02.2021, 20:34:08
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Após o Governo do Paraná anunciar um novo decreto com medidas mais rígidas para evitar a propagação da Covid-19 no Estado, o prefeito de Apucarana, Junior da Femac,  informou que o município deve seguir as novas regras. 

    O decreto entra em vigor à 0h deste sábado (27) e tem validade até as 5 horas do dia 8 de março. Serviços considerados não essenciais devem ficar fechados. A intenção com as novas medidas é evitar a circulação de pessoas.

    Em Apucarana, por exemplo, as lojas do comércio varejista devem ficar fechadas, assim como os salões de beleza, as academias, clínicas estéticas, escolas, repartições públicas em geral, imobiliárias e o shopping, inclusive a praça de alimentação. 

    Igrejas devem priorizar atividades virtuais. O documento não impede a realização de missas e cultos presenciais, porém, com 15% de ocupação, distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e assentos individualizados

    Os parques ficam fechados. Restaurantes, lanchonetes, sorveterias e similares podem funcionar apenas nos sistemas de delivery, drive-thru e take away (retirada no balcão). Não será liberado o consumo no local. 

    A Feira do produtor pode funcionar, seguindo todas as medidas de prevenção. 

    Podem funcionar: supermercados, atividades ligadas à alimentação, inclusive animal, indústria, construção civil, postos de gasolina, clínicas médicas, oficinas mecânicas, farmácias, bancos, lotéricas, clínicas veterinárias, pet shops. 

    O transporte coletivo de Apucarana, vai funcionar até às 21h, sem redução dos horários. 

    Junior da Femac disse que em Apucarana, pela primeira vez, desde o início da pandemia, a UTI do Hospital da Providência atingiu ocupação máxima.

    “O que dói em mim é que nós estamos fazendo o nosso papel quanto às medidas preventivas para conter a disseminação do novo coronavírus. Das 20 UTIs de Covid do Hospital da Providência, cinco estão ocupadas por pessoas de Apucarana e outras 5 de pacientes da nossa regional de saúde. As outras 10 vagas estão atendendo moradores da macrorregião de Londrina”, observa o prefeito.

    Toque de recolher e restrição ao consumo de bebidas alcoólicas. Fica proibido também a circulação em espaços e vias públicas das 20h as 5 horas. No mesmo períodos, fica proibida a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos.

    Suspensão das aulas presenciais em escolas, universidades e instituições estaduais públicas e privadas. As aulas presenciais da rede estadual, previstas para iniciar dia 1, também estão suspensas

    Suspensão das cirurgias eletivas por 30 dias para unidades públicas e privadas.

    Regime de teletrabalho para órgãos do estado.

    Intensificação da fiscalização do cumprimento das medidas. A Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal (GM) vão estar pelas ruas de Apucarana. Quem for flagrado na rua após às 20h será abordado, orientado e se a pessoa não respeitar, pode ir presa por desacato. Fica proibido a realização de festas, eventos em chácaras. 

    Confira o que disse o prefeito de Apucarana:

     

     


    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Decreto: Veja o que pode funcionar em Apucarana"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.