Cotidiano

Promotor do caso Daniel afirma que tudo de Edison Brittes “tem origem estranha”

Da Redação ·
Casal Brittes utilizando a moto em nome de traficante - Foto: Reprodução/Ric Mais
Casal Brittes utilizando a moto em nome de traficante - Foto: Reprodução/Ric Mais

O promotor do caso envolvendo o jogador Daniel, João Milton, afirmou nesta segunda-feira (19) que “tudo tem origem estranha”, sobre Edison Brittes - apontado como principal suspeito -por ele usar outros carros, motos e residências em nome de outras pessoas.

continua após publicidade

Segundo o promotor, “há indícios de participação de Edison em outras atividades criminosas”. Ainda conforme o promotor do caso, “dado o histórico, origem, circunstâncias, tem que tomar providência de se investigar pra ver a participação dele ou não com organização criminosa”, explicou.

“Foi uma execução a tiros de fuzil, tem que ser levantado”, disse o promotor sobre a morte do dono do celular encontrado com Edison Brittes. O Ministério Público (MP) acrescenta que tudo deve ser objetivo de análise. “A conduta dele de cometer esse homicídio, como aconteceu, e tudo envolta dele gerar esse problema. Ele [Edison] conseguiu trazer o radar para ele”, disse o promotor.

continua após publicidade

A moto esportiva utilizada por Edison Brittes e Cristiana Brittes para encontros está no nome de um traficante condenado a mais de 30 anos de prisão.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), pode aparecer na investigação por possível envolvimento de político, conforme informação do repórter Guilherme Rivaroli divulgada pelo RicMais.

Confissão de Edison Brittes
Para a promotoria, a confissão feita por Edison Brittes sobre a morte do jogador Daniel foi precipitada. “Antes de ser ouvido na delegacia, o próprio Edison chamou a imprensa e deu declaração, adiantou vários fatos, e, no curso das investigações, se mostraram diferente do que ele disse”, detalhou o promotor João Milton.

continua após publicidade

O deputado estadual Rubens Recalcatti "não entra em absolutamente nada nesse caso", afirma o promotor sobre o caso Daniel. "O fato de estar presente em uma festa da família, por si só, não é indício de participação criminosa", explica o promotor.

Promotor do caso Daniel afirma que tudo de Edison Brittes “tem origem estranha” fonte: Reprodução

Família Brittes ao lado de Recalcatti (Foto: Reprodução/Ric Mais)

Recalcatti diz que seria meramente amizade política, sobre a relação com a família Brittes. O deputado aparece em fotos e vídeo de uam festa com a família presa suspeita de envolvimento na morte do jogador Daniel. Em um vídeo, o deputado parabeniza Cristiana Brittes pelo aniversário.

Com informações do portal RicMais/Curitiba