Mais lidas
Cotidiano

Asteroide poderia provocar morte de mais de 12  milhões de pessoas se caísse em Berlim e Londres 

.

Cientistas ingleses fizeram uma simulação sobre o efeito devastador que a queda de grandes asteroides poderia provocar na capitais da Inglaterra e da Alemanha, conforme o site de artigos científicos arXiv.org.

Os pesquisadores simularam a queda de um objeto esférico de 200 metros de diâmetro, com uma densidade de 3,1 toneladas por metro cúbico, que atingisse a superfície da Terra a uma velocidade de 20 km/h com um ângulo de 45 graus, detalha a matéria do site arXiv.org.

Milhões de mortes
A queda de um corpo celeste de tal proporção sobre Berlim, a capital da Alemanha provocaria, morte de mais de 3,5 milhões de pessoas, mais da metade de um total de 6 milhões de habitantes. Já em Londres, onde residem aproximadamente 13,9 milhões de pessoas, mais de 8,7 milhões morreriam.

Queda no mar
Uma outra análise feitas por cientistas do Centro de Pesquisas de Los Alamos, da NASA, conclui uque a maior probabilidade para o local de impacto de um  asteroide seria no mar, pois os oceanos cobrem cerca de 70 por cento da superfície do nosso planeta. 

Gases de efeito estufa
Os pesquisadores frisam que mais devastador que as ondas desencadeadas,  seria o vapor de água provocado pelo impacto, pois lançaria bilhões de toneladas de gases de efeito estufa no ar, com potencial para permanecer na estratosfera por meses ou mesmo anos, com graves implicações para o clima global.

Queda de asteroide de 200 metros de diâmetro na Terra provocaria a morte de milhões de pessoas - Foto: Getty Images

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber