Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Aprenda a degustar um bom vinho e conheça os benefícios da bebida

.

Muitas pessoas se identificam como apreciadoras de vinhos. Contudo, estão habituadas com bebidas mais simples.  Para melhor aproveitar os aromas e sabores de um vinho valer-se de técnicas básicas de degustação é fundamental. Existem procedimentos sequenciados que irão proporcionar uma melhor experiência ao degustador. O sommelier e wine educator, Wlliam Máximo, explica que para aprender a degustar um vinho de qualidade é preciso observar três fatores: visão, olfato e paladar. 

Leia também
Especialistas ensinam como harmonizar queijos e vinhos
Entenda como a região onde a uva é cultivada influencia no sabor do vinho
Sommelier indica harmonizações perfeitas entre pratos e vinhos

VISÃO 
De acordo com Máximo, está etapa exige atenção do degustador. "O vinho deverá ocupar ¼ da taça. É preciso segurar a taça pela haste para que a bebida não aqueça. Em seguida, observar a limpidez e a turbidez, sujidades e caráter turvo no vinho", ensina.

O especialista ensina que na degustação de espumante é necessário observar o 'perlage' (bolhinhas do espumante), pois esta indica a qualidade do espumante, persistência e finas bolhas denotam qualidade na bebida. Também é necessário analisar  a tonalidade do vinho, ver a transparência. "Se for bem denso  provavelmente será de regiões quentes, se for translucido, provavelmente será de regiões mais frias", explica. 

As bordas da bebida tabém são analisadas para ver o desbotamento que indica envelhecimento. Ainda é preciso verificar a coloração que pode se apresentar, desde um rubi mais intenso até um tom atijolado. Os tintos perdem coloração e os brancos ganham um aspecto mais escuro. Quando girar a taça, observar as lágrimas que escorrem nas bordas da taça, elas indicam se o vinho é mais alcoólico ou menos alcoólico e isso irá dizer em muito da sua estrutura.

OLFATO 
Para sentir todos os aromas, Máximo diz que é preciso colocar realmente o nariz dentro da taça. "Buscar os aromas primários que vem com álcool e também os aromas do carvalho. Se houver presença de carvalho no vinho verificar a existência de aromas com coco, baunilha, especiarias doces (cravo e canela) café e chocolate. Se o vinho estiver muito gelado aguardar um pouco para que suba a temperatura e consequentemente deixe seus aromas mais perceptíveis.

O especialista também destaca que é preciso  observar a presença de aromas frutados e sentir a presença de notas cítricas caso existam. "Por fim, oxigenar o vinho girando a taça para que o contato mais intenso com o oxigênio ajude a liberar os aromas presentes no vinho", ensina. 

PALADAR
Esta é a etapa que o degustador analisa o sabor da bebida. Máximo ensina que é preciso colocar um pouco do vinho na boca, e fazer com que percorra toda a cavidade bucal.

"Sinta o calor produzido pelo álcool, isso pode demonstrar se é um vinho de regiões mais quentes ou mais frias. Observar o peso na boca, para identificar se ele é de corpo leve, médio ou encorpado. Na ponta da língua podemos sentir a doçura se tiver, nas laterais da língua a acidez, e no fundo os taninos (agentes que produzem um travo amargo no final da boca)", comenta.

Segundo o sommelier, se a adstringência do tanino  for intensa irá produzir uma sensação de secura na gengiva e dentes. Em contrapartida, se perceber um aumento de volume na saliva é indicio de acidez que quando bem equilibrada deixa o vinho mais fresco.

"Quanto mais praticar maior será a percepção para identificar sabores presentes no vinho", aconselha o especialista que destaca ainda os benefícios da bebida. 

Conforme Máximo, consumir vinho de forma moderada pode ajudar a reduzir em até 30% o risco de aparecimento de doenças cardiovasculares e também o risco de morte. Além do prazer dos aromas e sabores que o vinho oferece.

JANTAR DE QUEIJOS E VINHOS EM APUCARANA
Este ano a direção do Country Club de Apucarana decidiu retomar o tradicional jantar de queijos e vinhos. E o TNOnline convidou especialistas para te ajudar a entender um pouco mais sobre este universo gastronômico e aproveitar ainda mais o evento do Country.

Segundo a organização, esta será a melhor edição de todos os tempos. Neste ano, o evento contará com um cardápio de dar água na boca, com animação da Banda Inox.

Confira o menu abaixo:

Entradas
Estação de queijos, frios e antepastos. Para a noite toda
Queijos:
- Gruyer e gorgonzola.
- Queijo Estepe e Golda.
- Queijo brie com damasco e amêndoas.
- Queijo coalho grelhado com mel de cana.
- Queijo de bufala a capresse.
- Queijo bolinha e provolone na tina com azeitonas.
- Queijo parmesão.
- Queijo frescal com pimenta.
- Fund de queijo com pão Italiano.
- Charutinhos de queijo com rúcula.
- Tina com brusqueta, pão de queijo e crostatas.
- Disco gg com (salames, chester, copa e lombo canadense) decorado com frutas frescas.
- Presunto parma com figo.
- Carpaccio em balsamo de alcaparras.
- Croissant recheados.
- Barquetes de frango.
- Palmito, aspargo e alcachofra no vinagrete.
- Salada Italiana com bacalhau.
- Tina com uvas.
- Cerejas ao licor.
- Favos de mel

Prato quente:
2 tipos de Risoto 

Sobremesa:
2 tipos de sobremesas 
Alvorada:
Sopa de agnoline com crótons.

Ingresso: Segundo lote a R$ 175. 

Clique aqui para comprar.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber