Mais lidas

    Vale do Ivaí

    PANDEMIA

    Prefeitos do Vale do Ivaí discutem lockdown na região

    Prefeitos do Vale do Ivaí discutem lockdown na região
    Foto por Reprodução
    Escrito por Edison Costa
    Publicado em 24.03.2021, 09:57:06 Editado em 24.03.2021, 09:57:21
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Reunidos na tarde desta terça-feira (23) pelo sistema virtual, prefeitos da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi) defenderam a necessidade de um lockdown total nos 26 municípios da região e em todo o Paraná, como forma de estancar o avanço da Covid-19 junto à população. Os 15 prefeitos que participaram do encontro manifestaram a disposição de adotar tal medida, porém desde que o governador Ratinho Junior (PSD) faça o mesmo em todo o Estado.

    A proposta será apresentada ao governador pelo presidente da Amuvi, prefeito Ylson Álvaro Cantagallo (PSD), o Gallo, de Faxinal.

    A sugestão da Amuvi é para que se feche tudo na região e no Paraná durante pelo menos sete dias, a partir do dia 1º de abril (quinta-feira), emendando todo o feriadão da Semana Santa e prolongando-se até a quarta-feira da semana seguinte. Durante este período não funcionaria nada, nem posto de combustível, ficando abertas apenas as cooperativas para recebimento da safra agrícola. Aos restaurantes seria permitida apenas a entrega de refeições da porta para fora.

    Conforme Gallo, o agravamento da situação por causa da Covid está cada vez mais preocupante. Segundo ele, os hospitais da região, principalmente os de Ivaiporã e Apucarana, já estão com os leitos de UTI esgotados e o estoque de medicamentos também está no fim. E todo dia está morrendo gente infectada por esta doença.

    Na sua avaliação, o lockdown é uma medida drástica, porém necessária para fazer com que as pessoas fiquem em casa, evitem aglomerações e cumpram todas as regras sanitárias estabelecidas pela saúde pública. “Sabemos que o efeito negativo na economia dos municípios é grande, mas quanto vale uma vida, uma vida não tem preço, não”, argumenta Gallo, que passou mais de vinte dias internado com Covid e diz ter passado por momentos difíceis.

    O prefeito de Ivaiporã e vice-presidente da Amuvi, Luiz Carlos Gil (PSD), se manifestou a favor do lockdown total, porém desde que todos os 26 municípios da Amuvi participem. “Não adianta um município fechar tudo e o outro não fechar nada. E se o Paraná todo adotar o lockdown melhor ainda, assim não ficamos sozinhos”, argumentou.

    Para Carlos Gil, o fechamento total do comércio e de outras atividades ajuda a evitar o contágio pelo coronavírus. Segundo ele, depois de cinco dias de lockdown já vai cair o número de pessoas que procuram atendimento na Central de Covid e também o número de infectados.

     

     

    Mais matérias de Vale do Ivaí

    Deixe seu comentário sobre: "Prefeitos do Vale do Ivaí discutem lockdown na região"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.