Vale do Ivaí

Júri pela morte de 'John Lennon' será nesta sexta-feira em Faxinal

Assassinato registrado em Borrazópolis, no Vale do Ivaí, em junho de 2020, chocou a comunidade pela violência

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Vivaldi John Lennon Mariano de Souza tinha 28 anos quando foi assassinado
fonte: Reprodução / Redes sociais
Vivaldi John Lennon Mariano de Souza tinha 28 anos quando foi assassinado

Um dos julgamentos mais esperados do Vale do Ivaí nos últimos anos, foi marcado para esta sexta-feira, 24 de junho. Sentam no banco dos réus, os cinco "Irmãos Ormond", como ficaram conhecidos, sendo quatro homens e uma mulher, acusados de matar o jovem Vivaldi John Lennon Mariano de Souza, que na época, tinha 28 anos. O crime aconteceu em 18 de junho, de 2020.

continua após publicidade

O crime foi considerado brutal pelo fato da vítima ter sido atacada com tiros e facadas na Rua Pará, região central de Borrazópolis.

Os acusados são: Alessandro dos Santos Macedo Ormond; Márcio dos Santos Macedo Ormond;  Rone dos Santos Macedo Ormond;  Vagner Macedo Ormond e Zueleide Macedo Ormond.  A imputação aos réus, é de homicídio qualificado por motivo torpe, pelo emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.

continua após publicidade

- LEIA MAIS: Caso Maria Helena: julgamento acontece nesta quinta em Apucarana

Os envolvidos teriam premeditado o crime para vingar a morte do pai, Moisés Ormond, que faleceu em fevereiro de 2020, vítima de atropelamento na Rodovia PR-466, próximo a cidade. John Lennon estava dirigindo o veículo que atropelou o homem.

continua após publicidade

Por conta ainda dos efeitos da pandemia e por questão de segurança, serão permitidas apenas poucas pessoas no público e o julgamento será transmitido pelo site do Tribunal de Justiça, via YouTube.

O crime

O  jovem Vivaldi John Lennon Mariano de Souza, de 28 anos, foi morto na Avenida Paraná, esquina com Rua Pará, no município de Borrazópolis, em frente a uma Auto Peças. Testemunhas relataram à Polícia Militar que o rapaz consertava o seu veículo na calçada, quando parou um carro, e teria descido uma moça atirando, disparando quatro disparos, contra a vítima. Ainda, segundo populares, um rapaz desceu do mesmo automóvel e aplicou golpes de faca na vítima. Lennon  ainda tentou correr e chegou até a esquina, da Avenida Paraná, mas morreu no local.

continua após publicidade

Segundo o Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana, no corpo da vítima haviam três perfurações de tiros e três de faca. Os acusados, naquele dia, fugiram. 

As informações são do Blog do Berimbau.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News