Vale do Ivaí

Comerciante que descumprir medidas terá licença cassada

O prefeito de Faxinal anunciou 10 dias de lockdown, porém, decidiu cancelar a medida

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Comerciante que descumprir medidas terá licença cassada
fonte: Reprodução
Comerciante que descumprir medidas terá licença cassada

Os comerciantes de Faxinal foram orientados e partir de agora, quem descumprir as medidas de combate à pandemia do novo coronavírus está sujeito a multa de até R$ 5 mil e cassação do alvará. 

continua após publicidade

Por conta do aumento de casos de Covid-19, o prefeito Ylson Álvaro Cantagallo anunciou 10 dias de lockdown para conter o avanço da doença, porém,  decidiu cancelar a medida após reunião com a Associação Comercial e Empresarial de Faxinal (Acef). 

“É apenas uma parcela dos comerciantes que afrouxaram nos cuidados contra o vírus. E se o município fizesse o lockdown iria prejudicar as empresas que estão respeitando as medidas de proteção”, comenta o secretário de Administração do Município, Francisco Alfredo Ferreira, o Ral.

continua após publicidade

Ainda de acordo com o secretário, após uma reunião realizada na Câmara Municipal, que contou com representantes da Acef, proprietários de supermercados, lanchonetes, bares e conveniências, todos se comprometeram a cumprir a risca as medidas de prevenção.

“Chamamos a atenção desses comerciantes pela taxa de mortalidade que cresceram no município. Também pontuamos que as taxas de ocupação ultrapassam 95% em todos os nossos hospitais referência”, observa. 

A fiscalização de todos os estabelecimentos será ampliada com auxílio da Polícia Militar. O município segue com toque de recolher após às 23 horas e o estabelecimento que descumprir as medidas estará sujeito a multa de R$ 1 mil a R$ 5 mil, interdição do estabelecimento e cassação do alvará. 

continua após publicidade

“Exigimos um cuidado maior e pedimos para que sejam mais prudentes nas questões que envolvem o combate ao coronavírus. E a fiscalização não pode ser responsabilidade só do poder público. Cada cidadão tem que ser um fiscal e colaborador”, finaliza. 

Faxinal registrou na quinta-feira (13), 45 novos casos de covid. O município passou dos 1,5 mil casos desde o início da pandemia e tem 47 óbitos registrados.