Região

Morre fundador da empresa Fujiwara

Da Redação ·
 Kiichi Fujiwara veio para Apucarana em 1945
fonte: Arquivo TN
Kiichi Fujiwara veio para Apucarana em 1945

O ex-empresário e pioneiro de Apucarana Kiichi Fujiwara, 87 anos, morreu no início da noite de ontem. Kiichi morreu em casa, vítima de complicações de problemas renais que vinha enfrentando há cerca de 3 anos. O empresário, que já estava afastado dos negócios da família, passou mal em casa. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada para prestar socorro ao idoso, mas ele faleceu no local.

continua após publicidade


Kiichi Fujiwara chegou em Apucarana em 1945 na companhia de seus irmãos para expandir os negócios da família. Na época, eles comercializavam arroz em São Paulo. Em Apucarana, ele ampliou seus negócios atuando na plantação e exportação de café e beneficiamento de algodão.


O empresário também atuou no ramo do couro, sendo o fundador, na década de 50, da Fujiwara Calçados de Segurança, empresa que já foi a maior exportadora desse tipo de equipamento do Brasil. Recentemente, a empresa foi incorporada pela multinacional JBS.

continua após publicidade


Além de empresário de sucesso, Kiichi se destacou em outros setores da sociedade, contribuindo para construção da Acea, Igreja Cristo Profeta e Santuário São José, entre outras ações de filantropia que realizava acompanhado da esposa Ana Maria Lemos Fujiwara, que deixa viúva.


“Apucarana perde certamente um grande homem, que contribuiu não apenas com a colônia japonesa, mas com toda a cidade”, afirma Satio Kayukawa, da líder da comunidade japonesa de Apucarana.


O velório acontece na Capela Mortuária de Apucarana e o sepultamento, às 16 horas, no Cemitério Cristo Rei. Ele deixa viúva, cinco filhos e 15 netos.