Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Política

​Juiz ouve testemunhas de acusação de processo da 10ª fase da Lava Jato em Curitiba

.

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância, ouve seis testemunhas de acusação no processo referente a 10ª fase da Operação, deflagrada em março deste ano.

São 27 réus neste processo e todos poderão participar como ouvintes. A audiência está marcada para começar às 14h na sede da Justiça Federal, em Curitiba. Entre os reús deste processo estão: Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, Pedro Barusco, ex-gerente da diretoria de Serviços, João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, Alberto Youssef, acusado de ser o líder do esquema da Lava Jato, além de empreiteiros.

Duque e Vaccari pediram dispensa da audiência e tiveram o consentimento de Moro

As seis testemunhas arroladas pelo Ministério Público Federal (MPF) que foram intimadas a comparecer na audiência são: Dalton dos Santos Avancini e Eduardo Leite, ex-executivos da Camargo Corrêa e que cumprem prisão domiciliar em São Paulo, o advogado Carlos Alberto Pereira da Costa, que trabalhava na empresa GDF do doleiro Alberto Youssef, Leonardo Meirelles, sócio da Labogen, Maurício Godoy e Marcos Pereira Berti. Godoy atualmente é presidente do grupo Estaleiros do Brasil e foi ligado ao grupo Toyo Setal. Marcos Berti também foi executivo da Toyo Setal.

De acordo com a denúncia do MPF,  Vaccari participava de reuniões com Duque para tratar de pagamentos de propina, que era paga por meio de doações oficiais ao PT. Dessa maneira, os valores chegavam como doação lícita, mas eram oriundas de propina. O MPF aponta que foram 24 doações em 18 meses, no valor de R$ 4,260 milhões.

A operação Lava Jato começou investigando um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões. A investigação acabou resultando na descoberta de um esquema de desvio de recursos da Petrobras, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber