Política

Dilma recebe com alegria nomeação de dom Orani

Da Redação ·
Dilma recebe com alegria nomeação de dom Orani (Arquivo)
Dilma recebe com alegria nomeação de dom Orani (Arquivo)

SÃO PAULO, SP, 12 de janeiro (Folhapress) - A presidente Dilma Rousseff disse hoje que recebeu com alegria a nomeação do arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, como cardeal pelo papa Francisco. Dom Orani é o único brasileiro na lista de 16 novos cardeais da Cúria Romana.
 

continua após publicidade
confira também



"Recebi com alegria a notícia que Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio, foi tornado cardeal pelo papa", comentou a presidente em sua conta no Twitter.

Além de dom Orani, o Brasil tem atualmente outros nove cardeais - o último a ser nomeado foi o ex-arcebispo de Brasília João Braz de Aviz, em 2012, pelo papa Bento 16, que também elevou o presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), dom Raymundo Damasceno Assis, em 2010, e o arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, em 2007.

Cinco dos atuais cardeais do país foram indicados pelo papa João Paulo 2º, entre 1988 e 2003, e o mais velho deles, o ex-arcebispo de São Paulo dom Paulo Evaristo Arns, 92, foi nomeado pelo papa Paulo 6º, em 1973. , também era aDe acordo com a Arquidiocese do Rio de Janeiro, o Brasil teve 20 cardeais -o primeiro deles, dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti, nomeado em 1905rcebispo do Rio.