Mais lidas
Ver todos

    Paraná

    Beto Preto lembra projeção de 30 mil casos até julho no Paraná

    Foto por RODRIGO FELIX LEAL/AEN-PR
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O Secretário Estadual da Saúde, médico Beto Preto, participou da entrevista coletiva com o governador Ratinho Jr e a equipe do governo nesta terça-feira (30), para explicar novas medidas contra a Covid-19 no estado. Beto citou período do último dia 27 até 30 para ressaltar que a média de distanciamento social no estado está em 45% nos dias de semana, mas que aos sábados, a taxa diminui para 36%. “A expectativa medida em março era estar entre 50 e 55%”, disse. Quanto a taxa de transmissão do coronavírus, ele demonstrou que a média está em 1,37, no entanto, chegou a 1,55 na última semana.

    Beto Preto apontou que de acordo com o Ipardes – Instituto Paranaense de Desenvolvimento, o Paraná poderia atingir a marca de 30 mil casos confirmados da Covid até julho. “Domingo, dia 5 de julho, seria o pico da curva com essa marca”, enfatizou e ponderou que até o momento o Paraná tem a metade dessa projeção. “Quer dizer que podemos registrar ainda mais 10 mil casos, até lá”, diz. A apresentação da Saúde trouxe os números do estado, atualizando a média por 100 mil habitantes. O governador enfatizou que o Paraná conseguiu ficar numa curva controlável no ambiente de propagação do vírus. “Isso até os primeiros 110 dias da pandemia”, disse. Pelo coeficiente de incidência regional do vírus, a taxa de mortalidade está em 5,1 no Paraná. Tendo a 13ª Regional de Saúde de Cornélio Procópio o pior número em 14,3 e a 17ª Regional de Londrina, com 10,5.

    A região de Apucarana registra taxa de 3,4. O médico ainda apresentou as informações relativas a taxa de ocupação dos leitos de UTI e enfermarias no estado. Segundo os dados, a região Norte do Paraná tem índice de ocupação em 39% para UTIs e 42% para enfermarias. A região oeste é a mais crítica do estado com 85% das UTIs ocupadas. Sobre o risco de Lockdown, Ratinho Jr disse na coletiva que o Paraná registrou o pior dia em aumento dos casos, com o registro de 36 novas mortes e 1.536 novos casos. Com isso, medidas serão aplicadas nas regionais de Saúde de Cornélio Procópio, Londrina, Cianorte, Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu e a Grande Curitiba. As restrições acontecerão nas duas primeiras semanas de julho.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Homem é preso após arremessar drogas na cadeia de Arapongas

    Deixe seu comentário sobre: "Beto Preto lembra projeção de 30 mil casos até julho no Paraná"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.