Mais lidas
Esportes

Palmeiras contesta tese de provocação de Felipe Melo a uruguaios com vídeo

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Palmeiras produziu um vídeo para contestar a teoria de que a comemoração de Felipe Melo após a vitória sobre o Peñarol, na última quarta-feira (26), teria sido uma provocação.

O clube separou diversas imagens do volante fazendo o mesmo gesto após vitórias palmeirenses.

Ao final do triunfo do Palmeiras por 3 a 2, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores, Felipe Melo levantou o dedo aos céus e os jogadores do time uruguaio o cercaram. Matías Mier perseguiu o brasileiro, que reagiu com dois socos.

Na súmula, o delegado da partida relatou que "ao término, o jogador de número 30 do Palmeiras, Felipe Melo, foi em direção ao banco dos jogadores do Peñarol e com um gesto de saudação ao céu provocou a reação dos adversários".

O brasileiro e mais três jogadores do Peñarol (Mier, Nández e Hernández) foram suspensos preventivamente pela Conmebol por três partidas.

A promotora também pediu que o volante palmeirense Felipe Melo, que desferiu um soco em Mier, seja levado à Justiça para prestar depoimento. No entanto, segundo o site uruguaio "Portal Montevideo", não se considera fazer um pedido à Justiça brasileira para que o jogador se apresente para dar esclarecimentos.

O Palmeiras deve utilizar o vídeo na defesa de Felipe Melo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber