Esportes

Estafe de Robinho se irrita com cartola do clube e diz ser impossível retomar conversa

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 11 de julho (Folhapress) - Um dia depois da desistência do Santos em contratar Robinho, o estafe do atacante do Milan mostrou irritação com o presidente do clube, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.

De acordo com a versão do jogador, o dirigente santista deu uma entrevista para a Rádio Bandeirantes na qual tentou culpá-lo pela transferência não ter sido concretizada.

Uma longa nota, assinada pela assessoria de imprensa do atleta, criticando o cartola foi publicada no site oficial do Robinho.

"Agora, não podemos admitir que o Presidente do Santos FC simplesmente venha em público de uma maneira leviana e diga que a culpa foi do jogador Robinho, apesar do tempo que o vem assediando, e de saber de suas condições, as condições do Milan, e do que o jogador e o Milan abriram mão?", diz trecho da nota.

Segundo o texto, o jogador abriu mão por volta de 35% do seu ganho atual por ano para jogar no Santos, mas o Milan não aceitou abaixar o valor pedido para liberá-lo, diferentemente do que teria dito Luís Alvaro na entrevista.

"Mais uma vez, o presidente do Santos perdeu a chance de ficar calado: assim, evitaria agora ser desmentido publicamente e, ainda, ver revelado o que o mesmo não queria."

A nota afirma também que não existe a possibilidade de as conversas com Luis Alvaro serem retomadas.

"Ao torcedor santista, pedimos desculpas em nome do jogador Robinho, mas informamos também em seu nome que, infelizmente, com a atual diretoria é totalmente impossível qualquer nova abertura de negociação e de ocorrer seu volta ao Santos FC."
 

continua após publicidade