MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Dirigente do BCE vê economia na direção certa, mas fala em confiança antes de cortar juros

Dirigente do Banco Central Europeu (BCE) e presidente do BC da Estônia, Madis Müller afirmou que a economia da zona do euro está se movendo "na direção certa", com a inflação arrefecendo gradualmente rumo à meta de 2%. Contudo, Müller esclareceu que a dec

Laís Adriana (via Agência Estado)

·
Escrito por Laís Adriana (via Agência Estado)
Publicado em 08.03.2024, 12:55:00 Editado em 08.03.2024, 12:58:19
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

Dirigente do Banco Central Europeu (BCE) e presidente do BC da Estônia, Madis Müller afirmou que a economia da zona do euro está se movendo "na direção certa", com a inflação arrefecendo gradualmente rumo à meta de 2%. Contudo, Müller esclareceu que a decisão de manter o nível restritivo da política monetária reflete a "necessidade de maior confirmação sobre a tendência de queda dos preços antes de começar cortes de juros".

continua após publicidade

"É possível que esse sentimento suficiente de confiança surja com base nos indicadores econômicos dos próximos meses", escreveu o dirigente, em comunicado divulgado nesta sexta-feira, acrescentando que uma "queda dos juros é provável no futuro".

Segundo ele, as negociações salariais em andamento na maior parte dos países europeus serão importantes para determinar se o crescimento dos salários ajudará ou dificultará o processo de desinflação.

continua após publicidade

Assim como a presidente do BCE, Christine Lagarde, Müller destacou que irá monitorar eventual pressão dos salários sobre a inflação de serviços ou se haverá alívio nos repasses de preços, tendo em vista as margens elevadas de lucros corporativos.

O dirigente também reiterou as projeções econômicas do banco central, que preveem retorno da inflação à 2% no próximo ano e estagnação da atividade. No entanto, Müller apontou que o "provável" relaxamento monetário deve apoiar investimentos em empresas e no mercado imobiliário, assim como a queda da inflação deve elevar a renda doméstica real e ampliar gastos com consumo, ajudando a impulsionar a recuperação econômica.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Dirigente do BCE vê economia na direção certa, mas fala em confiança antes de cortar juros"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!