MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Diretora do FMI elogia 'reforma tributária histórica' do Brasil, ao falar à GloboNews

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, elogiou a "reforma tributária histórica" aprovada pelo Brasil, e considerou que a mudança terá impacto positivo nos próximos anos, o que no longo prazo "será potencialmente s

Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)

·
Escrito por Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)
Publicado em 27.02.2024, 18:11:00 Editado em 28.02.2024, 07:02:38
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, elogiou a "reforma tributária histórica" aprovada pelo Brasil, e considerou que a mudança terá impacto positivo nos próximos anos, o que no longo prazo "será potencialmente significativo". O comentário foi feito em entrevista exclusiva da autoridade à GloboNews.

continua após publicidade

Georgieva afirmou que a reforma pode elevar o potencial de crescimento do Brasil, com impactos decorrentes positivos para a população. Ela também defendeu um esforço de revisão das despesas, a fim de melhorar a eficiência do gasto público, e argumentou contra um "teto rígido" para se atingir déficit zero no balanço fiscal.

Em outro trecho da entrevista, a diretora-gerente do FMI se disse "otimista" sobre o quadro na Argentina. Na visão dela, o País havia acumulado desequilíbrios muito significativos, o que agora o governo de Javier Milei busca corrigir. Além do combate à inflação, há um esforço para remover barreiras artificiais à economia, como as múltiplas taxas de câmbio, notou. "Temos nos envolvido estreitamente com a Argentina, para cuidar das pessoas mais afetadas", disse. Georgieva defendeu que seja possível "reestruturar a economia, mas não à custa dos pobres". E recordou a própria biografia, ao lembrar que em seu país de origem, a Bulgária, enfrentou um quadro econômico difícil, com inflação muito elevada e outros problemas econômicos. "Desejamos o melhor para todos os argentinos", comentou.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Diretora do FMI elogia 'reforma tributária histórica' do Brasil, ao falar à GloboNews"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!