Economia

Bolsas de NY fecham com S&P 500 e Nasdaq em queda, após sessão volátil

Da Redação ·

Os mercados acionários de Nova York tiveram sessão volátil nesta segunda-feira, 7, com os índices alternando entre momentos positivos e negativos. Ao final do pregão o quadro misto terminou em recuos do S&P 500 e do Nasdaq, com o Dow Jones estável. O setor de serviços de comunicação amargou perdas maiores, mas o de energia ainda conseguiu uma alta.

continua após publicidade

O índice Dow Jones fechou estável, em 35.091,13 pontos, o S&P 500 caiu 0,37%, a 4.483,87 pontos, e o Nasdaq recuou 0,58%, a 14.015,67 pontos.

Investidores aguardam mais balanços importantes, na atual temporada de resultados do quarto trimestre do ano passado, e também, nesta semana, uma leitura do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos EUA. O dado é importante, já que há foco especial sobre a trajetória da inflação neste momento, o que se reflete também na política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e, consequentemente, no mercado acionário.

continua após publicidade

Entre ações em foco hoje, Amazon avançou 0,19%, após balanço forte na semana passada e depois da notícia de que a companhia pode comprar a fabricante de equipamentos de exercícios Peloton. Já Coinbase subiu 5,81%, em jornada positiva para o bitcoin.

No setor de serviços de comunicação, Meta registrou baixa de 5,14%. Após balanço que desagradou pela perda de clientes do Facebook, a ação da empresa recua 33,13% até agora em 2022. Boeing, por outro lado, subiu 2,65%, apoiando o Dow Jones. Entre os bancos, Citigroup avançou 0,42%, JPMorgan ganhou 0,33% e Morgan Stanley, 1,03%.

O setor de energia foi o que conseguiu maiores ganhos nesta segunda-feira, embora também tenha perdido fôlego na reta final dos negócios. Chevron subiu 1,96% e ExxonMobil teve alta de 1,20%, mas Cheseapeake Energy recuou 0,28%.