Cotidiano

Polícia pede ajuda à população para localizar mulher que ateou fogo em casinhas comunitárias de cães

Da Redação ·
Os órgãos de segurança esperam a ajuda da população para localizar e prender a suspeita - Foto: Reprodução/PM
Os órgãos de segurança esperam a ajuda da população para localizar e prender a suspeita - Foto: Reprodução/PM

As autoridades policiais de Ponta Grossa (na região dos Campos Gerais do Paraná) se mobilizam para evitar novos ataques aos abrigos comunitários de cães localizados em vários bairros da cidade. 

continua após publicidade

O trabalho de inteligência para identificar a incendiária alia-se ao monitoramento das câmeras de vigilância eletrônica. Os órgãos de segurança (Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal) esperam a ajuda da população para localizar e prender a suspeita. Ela age na companhia de um homem. Os dois usam um carro branco.

Os ataques iniciaram-se nesta semana, no Jardim América. Imagens de um abrigo em chamase fotos do carro dos suspeitos viralizam nas redes sociais. 

continua após publicidade

O secretário de Obras e Serviços Públicos da Prefeitura de Ponta Grossa, Marcio Ferreira, ‘está no veneno’, conforme ele mesmo afirma, e pede bom senso e unidade. 

‘Alguém está colocando fogo em casinhas de cães comunitários. Esse não é o caminho. O erro de alguns não será consertado com outros erros. As pessoas e os animais merecem respeito e consideração. Precisamos trabalhar juntos pelo bem das pessoas e dos animais. Chega de erros’, assinala.

A repercussão das imagens é muito grande e centenas de comentários sobre o caso tomam contas das redes sociais.

As informações são do portal aRede.info

Tags relacionadas: #casal #crueldade #paraná