Mais lidas
Cotidiano

Aos 90 anos, morre artista plástica Amelia Toledo

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A artista plástica Amélia Toledo, 90, morreu na noite desta terça-feira (7).

Toledo, uma das pioneiras da arte contemporânea, estava com uma exposição em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo para celebrar seus 60 anos de carreira.

De acordo com a assessoria do CCBB, a artista morreu enquanto dormia.

Ela deixa filhos e netos. O velório será realizado nesta quinta (9) das 8h às 14h no Cemitério Parque do Morumbi, em São Paulo.

No Facebook, a filha Ruth Toledo Altschuler prestou homenagem à artista. "Minha mãe viveu muito especialmente para a sua arte", escreveu.

Durante sua trajetória, a artista transitou entre desenhos, pinturas, instalações e até design de joias.

TRAJETÓRIA

Nascida em São Paulo, Toledo frequentou o ateliê de Anita Malfatti (1889-1964) no fim dos anos 1930 e na década de 1940 estudou com Yoshiya Takaoka (1909-1978).

Desde a década de 1970, ela apresentou uma produção baseada nas formas da natureza, agindo sobre materiais como conchas e pedras. No seu trabalho, é recorrente o desejo de recriar a paisagem.

A mostra "Lembrei que Esqueci", em sua homenagem, em cartaz no CCBB, tem curadoria de Marcus Lontra e ficará em cartaz até 8 de janeiro de 2018. A exposição, reúne cerca de 60 obras, traz esculturas, objetos de design, desenhos e pinturas da artista que contemplam toda sua carreira.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber