Cotidiano

Sonda da Nasa vai explorar objeto a 1,6 bilhão de km de Plutão

Da Redação ·
Sonda New Horizon registrou imagens de Plutão e sua lua Charon - Crédito da imagem: Nasa
Sonda New Horizon registrou imagens de Plutão e sua lua Charon - Crédito da imagem: Nasa

sonda New Horizons, após visitar Plutão, já tem um novo destino. A NASA escolheu um potencial objeto localizado no Cinturão de Kuiper (KBO); uma região repleta de corpos menores que se estende desde a órbita de Netuno (30 UA do Sol) até cerca de 50 UA do Sol (1 Unidade Astronômica é igual a distância média entre a Terra e o Sol). E o objeto escolhido para ser visitado pela sonda é conhecido como 2014 MU69,  que encontra-se a quase 1,6 bilhão de km além de Plutão. 

continua após publicidade

O Cinturão de Kuiper fica em uma região remota que rodeia o sistema solar e é preenchido com trilhões de rochas geladas que ainda têm de ser exploradas. A nova meta de pesquisa da Nasa foi descoberta pelo telescópio espacial Hubble em 2014. 

"A passagem da New Horizons na órbita de Plutão foi completamente bem sucedida, e agora o avanço é rumo ao Cinturão de Kuiper. O 2014 MU69 é uma ótima escolha, porque é exatamente o tipo de objeto antigo do Cinturão de Kuiper que desejamos conhecer  ", afirmou Alan Stern , chefe de pesquisa do New Horizons at Southwest Research Institute. 

continua após publicidade

Sonda da Nasa vai explorar objeto a 1,6 bilhão de km de Plutão fonte: Reprodução

Tal corpo do Cinturão de Kuiper foi um dos dois potenciais destinos mais recomendados pela equipe da missão New Horizons. Embora a NASA já tenha selecionado o objeto 2014 MU69 (apelidado de PT1 ou Alvo Potencial 1), ainda haverá um processo natural de revisão para que esse próximo passo da missão se torne oficial. 

Astrônomos detalham que o MU69 é muito menor e mais representativo dos trilhões de outros KBOs. Plutão é comparável ao tamanho da América do Norte em 2.370 km de diâmetro, enquanto MU69 tem menos de 45 km de diâmetro.

continua após publicidade

"Esse objeto celeste tem um tipo especial de órbita que o torna primordial para análise, pois trata-se de material que sobrou da formação inicial do sistema solar", acrescenta Kelsi Singer, da equipe científica da missão New Horizons. A sonda foi originalmente projetada para ir além do sistema de Plutão. 

Sonda da Nasa vai explorar objeto a 1,6 bilhão de km de Plutão fonte: Reprodução

Hidrazina de combustível
A sonda espacial transporta combustível hidrazina extra para um sobrevoo como esse; seu sistema de comunicação é projetado para trabalhar muito além de Plutão; o sistema de energia é projetado para operar por mais anos; e os seus instrumentos científicos foram projetados para operar em níveis de luz muito inferior ao que ocorre normalmente.

continua após publicidade

Volta no tempo de 4,6 bilhões de anos
Os cientistas estimam que o objeto 2014 MU69 tem aproximadamente 45 quilômetros, sendo 10 vezes maior e 1.000 vezes mais massivo do que os cometas típicos. Acredita-se que objetos como esse fazem parte dos blocos de construção de planetas e asteroides. Por conta de sua grande distância do Sol, conhecer esse corpo do Cinturão De Kuiper será como voltar no tempo, a cerca de 4,6 bilhões de anos atrás.

Com informações do portal da NASA