Cotidiano

Meteorito explode e noite vira dia na Rússia, veja vídeos

Da Redação ·
Clarão no céu da Sibéria provocado por meteorito - Foto: vesti.ru /Agência Tass
Clarão no céu da Sibéria provocado por meteorito - Foto: vesti.ru /Agência Tass

explosão de um grande meteorito foi observada na terça-feira (6) em duas regiões russas – a república de Khakássia e a região de Krasnoyarsk, na Sibéria. O serviço de emergência local ficou de prontidão, mas nada de anormal foi registrado além do clarão.  

continua após publicidade

Cientista russo relataram que pelo menos 500 pessoas relataram terem visto um forte relâmpago a grande altitude. Alguns segundos depois da passagem do meteorito, ouviu-se uma explosão forte, que chegou a ativar os alarmes de alguns carros. 

As autoridades fizeram varredura no território da república de Khakássia, mas nenhum destroço do meteorito foi localizado e não houve registro de danos ou vítimas. 

continua após publicidade

Meteorito explode e noite vira dia na Rússia, veja vídeos fonte: Reprodução

Um pouco antes da explosão,  o Estado-Maior da Rússia, responsável operacional em relação a situações de emergência, havia alertado sobre a queda de um corpo celeste, supostamente um meteorito, que se desintegraria nas camadas densas da atmosfera. 

agência espacial russa Roscosmos detalhou que no momento em que ocorreu o clarão não foram realizados lançamentos de naves espaciais e nem detectadas quedas de lixo espacial.

continua após publicidade

Tamanho
O meteorito que explodiu acima da república russa de Khakassia, na Sibéria, tinnha cerca de 10 a 15 metros de diâmetro, relataram cientistas russos à TASS.

"Obviamente, o meteorito não era grande, a julgar pelo fato de que ele queimou ou explodiu antes de chegar à superfície. O corpo celeste devia ter cerca de 10 ou 15 metros de tamanho e aparentemente, não era feito de ferro", afirma Natan Eismont, principal  cientista principal do Instituto de Pesquisa Espacial (IKI) da Academia Russa de Ciências. 

Ele acrescentou que tais meteoritos não representam nenhuma ameaça para os seres humanos e "uma quantidade significativa" deles entra na atmosfera diariamente.

continua após publicidade

Clique aqui e veja vídeo do clarão visto por crianças que brincavam no gelo

Com informações da Agência Tass