Mais lidas
Cotidiano

Manifestantes fecham ruas no centro de Curitiba em protesto contra reajuste da passagem de ônibus

.

Manifestantes fecharam ruas do centro de Curitiba em novo protesto contra o aumento no valor da passagem de ônibus na Capital do Paraná - Foto: Daniela Sevieri – Banda B
Manifestantes fecharam ruas do centro de Curitiba em novo protesto contra o aumento no valor da passagem de ônibus na Capital do Paraná - Foto: Daniela Sevieri – Banda B

Manifestantes fecharam ruas do centro de Curitiba em novo protesto contra o aumento no valor da passagem de ônibus na Capital do Paraná, entre o fina da tarde e o começo da noite desta terça-feira (2). A manifestação foi convocada pelos grupos Frente de Luta Pelo Transporte e Tarifa Zero, contando inicialmente com 50 pessoas na Boca Maldita.

O movimento usa o nome de “3,70, nem tenta” e diz na página no Facebook que luta “contra o aumento da tarifa do transporte público (que na verdade é privado) em Curitiba e também pelo rompimento imediato do contrato de licitação feito com as empresas de ônibus em 2011”.

Conforme o site Banda B, o objetivo do protesto é forçar a Prefeitura de Curitiba e também a Coordenação da Região Metropolitana (Comec) a voltarem atrás no reajuste das tarifas, que começou a valer nesta segunda-feira (1º). Em Curitiba, o valor foi de R$ 3,30 para R$ 3,70.

Na Prefeitura, gritos de guerra foram entoados e a participação popular aumentou. Ainda não há informações sobre quantas pessoas se reuniram no local. A Avenida Cândido de Abreu também chegou a ficar fechada por alguns minutos.

Confusão Por volta das 19 horas, o cruzamento da ruas Mariano Torres e Amintas de Barros foi um dos fechados. Revoltado com o bloqueio da rua, um motorista tentou agredir um dos manifestantes. A Polícia Militar interviu e conseguiu liberar a via. Segundo a tenente Luíza, do 12° Batalhão, a situação é complicada, mas a PM tenta respeitar ambas as partes. 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber