Mais lidas
Cotidiano

Defesa Civil contabiliza 96 mil afetados pela chuva

.

Cratera na PR-444 em Arapongas: estragos causados pelas chuvas provocam transtornos (Foto: José Luís Mendes/TNOnline)
Cratera na PR-444 em Arapongas: estragos causados pelas chuvas provocam transtornos (Foto: José Luís Mendes/TNOnline)

Os números sobre os prejuízos provocados pela chuva contabilizados no Paraná ainda estão em alta. Conforme o último boletim da Defesa Civil do Paraná, divulgado no início da tarde deste deste sábado (16), a chuva já afetou 95.568 pessoas em 53 municípios do Estado entre sábado (9) e terça-feira (12).A Defesa Civil informou que 1.879 pessoas estão desalojadas e 196, desabrigadas no Paraná. O boletim informa ainda que 10.597 moradias foram danificadas e outras 90, destruídas.

ROLÂNDIA - O município mais prejudicado foi Rolândia (norte), com 36.240 habitantes afetados. Até a manhã deste sábado, 1 mil pessoas seguiam desalojadas e 36, desabrigadas na cidade. Foram danificadas 9.010 residências e 50, destruídas.Além de Rolândia, a cidade de Tamarana também decretou calamidade pública. Já Sabáudia, Mandaguaçu, Rio Bom, Jataizinho, Reserva, São José da Boa Vista, Siqueira Campos e Arapongas decretaram situação de emergência.

RODOVIAS BLOQUEADAS - Ainda há rodovias estaduais e federais que seguem bloqueadas neste sábado, especialmente nas regiões norte e noroeste. Em Arapongas (norte), uma cratera se abriu na PR-444 e o tráfego continua bloqueado.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber