Arapongas

Presos de Arapongas são transferidos para Apucarana; entenda

A mobilização ocorre por conta da demolição da atual cadeia pública de Arapongas, que deve ocorrer nos próximos dias

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Demolição da cadeia de Arapongas deverá ocorrer no próximo mês
fonte: TNOnline
Demolição da cadeia de Arapongas deverá ocorrer no próximo mês

Polícia Militar (PM) e Guarda Municipal (GM) de Arapongas, foram mobilizadas nesta segunda-feira, 11, pelo Departamento Penitenciário do Paraná (DEPEN), para a transferência de pelo menos 13 presos para a cidade de Apucarana e outros 13 para a cidade de Londrina. A mobilização ocorre por conta da demolição da atual cadeia pública de Arapongas, que deve ocorrer nos próximos dias.

continua após publicidade

De acordo com o coordenador regional do Depen Londrina Reginaldo Peixoto, cerca de 90% da desativação já foi concluída, restando apenas 4 celas de triagem, com cerca de 40 presos provisórios no local.

“Fizemos um trabalho de permuta de presos com o minipresídio de Apucarana já que só podemos enviar para Londrina presos condenados. Então, trouxemos 13 presos provisórios de Arapongas para Apucarana e encaminhamos 13 presos condenados de Apucarana para Londrina. Já liberamos cerca de 90% do local, onde restam agora 40 presos que em breve, deverão ser transferidos também”, explicou Peixoto.

continua após publicidade

Segundo o coordenador regional do Depen, a partir da demolição da cadeia de Arapongas, que deverá ocorrer no próximo mês, todos os presos provisórios do município serão encaminhados para a cidade de Rolândia.

“Como Arapongas ficará sem cadeia pública, até que o novo prédio fique pronto, os presos em flagrante na cidade serão encaminhados para o município mais próximo, no caso, Rolândia. Faltam apenas alguns detalhes burocráticos para que estes encaminhamentos já comecem a acontecer, mas este é o procedimento que será adotado daqui por diante”, afirmou.

O novo prédio do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Arapongas começou a ser construído em novembro do ano passado. A obra, localizada na Rua Rouxinol, na região do Parque Industrial XI, é resultado de uma articulação intensa do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) do município, juntamente com a Administração Municipal e Governo do Estado. O cronograma está cerca de 40% concluído, segundo Paulo Sérgio Argati, secretário Segurança e Trânsito de Arapongas. 

continua após publicidade

Ele afirma que o município quer a demolição da antiga cadeia pública “o mais rápido possível”. Localizada na Rua dos Tucanos, na região central da cidade, a unidade foi palco de inúmeros motins ao longo dos anos, gerando reclamação da população. “É do nosso interesse (a demolição) para que o local pare de receber presos definitivamente e o espaço seja utilizado para outra finalidade”, diz. O prefeito Sérgio Onofre da Silva (PSC) tem a intenção de construir uma praça na área.  

MARILÂNDIA DO SUL

Além de Arapongas, o governo estadual anunciou o fechamento definitivo da cadeia de Marilândia do Sul na região. Neste município, o Departamento de Polícia Penal do Paraná confirmou nesta terça-feira (12) que todos os presos já foram transferidos para a Penitenciária Estadual de Londrina III. A desativação da cadeia, segundo o Deppen-PR, ocorreu já em março de 2022.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News