Facebook Img Logo
Mais lidas
Arapongas

Procon de Arapongas deve inaugurar sede própria no segundo semestre

.

O Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon) de Arapongas deve ganhar uma nova sede ainda neste ano. As obras do prédio, realizadas com recursos do próprio órgão, estão cerca de 40% concluídas. A unidade araponguense será a quarta em todo o Paraná com local próprio e construção custeada através do fundo de multas. Expectativa é que inauguração aconteça em cinco meses.

O coordenador do Procon de Arapongas, Paulo Sérgio Camparoto, afirma que a construção da nova sede é muito importante e reflete o trabalho atuante do órgão. “Esta é a conquista de um sonho, uma vitória muito grande para a população de Arapongas. A sede será completamente nova, trazendo mais conforto para consumidores e funcionários. Além disso, deixaremos de pagar o aluguel do imóvel que ocupamos atualmente”, diz.A obra foi iniciada em janeiro deste ano. O prédio terá 237,06 metros quadrados de área a um custo de R$ 599,1 mil, em terreno situado na Rua Tico-Tico, proximidades do Fórum Eleitoral. Nesta semana foi iniciada a construção da laje da unidade.De acordo com Camparoto, o Procon já pensa no próximo passo: a aquisição dos equipamentos e mobiliários novos. “Será tudo completamente novo, tudo custeado através do fundo próprio do Procon. O fundo é formado pelo pagamento das multas lavradas pelo órgão, mostrando que um Procon atuante traz benefícios para toda a cidade”, destacou ele.

FUNDO DE MULTAS
O Procon de Arapongas afirma que o fundo chegou a ter em torno de R$ 930 mil no período anterior à construção. Com o desembolso de aproximadamente R$ 600 mil para a construção da nova estrutura, o restante (cerca de R$ 330 mil) está disponível para a aquisição de novos computadores, mesas, cadeiras e demais equipamentos e mobiliário. A parcela deste recurso que será utilizada ainda não foi contabilizada.A inauguração do novo espaço é esperada para o segundo semestre. “Acreditamos que a mudança para a nova sede aconteça em agosto deste ano, mas este não é um prazo fixo. Há ainda muita coisa a fazer e este prazo pode ser alterado”, finaliza Camparoto.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Arapongas

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber