Apucarana

Seis pessoas seguem internadas após acidente com ônibus de Apucarana

Um paciente passou por cirurgia neurológica no Hospital da Providência; três sofreram fraturas e estão internados em Ponta Grossa

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Seis pessoas seguem internadas após acidente com ônibus de Apucarana
fonte: Gustavo Andrade/RICtv

Seis pessoas estão internadas, sendo que quatro em situação que inspira cuidados. Este é o boletim atualizado na manhã desta quarta-feira (30) pelo secretário municipal de saúde de Apucarana, Emídio Bachiega, com relação ao acidente envolvendo um ônibus da Autarquia Municipal de Saúde, que transportava 24 pacientes para tratamento para Curitiba e região.

continua após publicidade

Um paciente passou por cirurgia neurológica no Hospital da Providência; três sofreram fraturas e estão internados em Ponta Grossa. Outros 18 pacientes que estavam no ônibus sofreram ferimentos leves e após os primeiros socorros foram liberados pelas equipes de saúde. De acordo com Bachiega, quatro pessoas estão internadas em Telêmaco Borba, uma em Ponta Grossa e uma em Apucarana. “Estamos nos mobilizando para transferir esses cinco pacientes que estão em hospitais da região para Apucarana. Aqueles que tiverem condições de saúde para isso serão trazidos para o Hospital da Providência ainda hoje”, informa Bachiega.

De acordo com relato do motorista do ônibus, Carlos Valentim Rocha, que sofreu ferimentos leves, o veículo que ele conduzia foi fechado por uma carreta na BR-376, em trecho do município de Ortigueira. Ao desviar da carreta, o ônibus acabou colidindo com um ponto de ônibus no acostamento da rodovia. O acidente ocorreu na viagem de volta de Curitiba para Apucarana, às 20h10.

continua após publicidade

O atendimento aos feridos mobilizou socorristas (SAMU e bombeiros) das cidades de Ponta Grossa, Telêmaco Borba e Ortigueira e ainda do SAMU de Apucarana. A maioria das pessoas que estava no ônibus foi atendida no Pronto Atendimento de Ortigueira.

O secretário de saúde, Emídio Bachiega, lamenta a fatalidade envolvendo os pacientes da AMS, reforçando que todos estão recebendo assistência necessária para voltar o mais rápido possível para o convívio de suas famílias. “O ônibus era novo, ano 2021, e o motorista com experiência de vários anos no transporte de pessoas para tratamento para Curitiba e região”, detalha Bachiega.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News