Mais lidas

    Apucarana

    ASSISTA

    Seguradora inicia reparação ambiental no Ribeirão Biguaçu

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 04.05.2021, 17:09:09 Editado em 04.05.2021, 17:09:50
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Técnicos de uma empresa especializada em solução ambiental iniciaram nesta segunda-feira (04/05) os trabalhos de reparação de danos químicos junto ao Ribeirão Biguaçu, no Contorno Sul de Apucarana.

    Na manhã de sexta-feira (30/04), um tombamento com uma carreta bitrem carregada com 43 mil litros de óleo diesel deixou o motorista ferido e resultou no derramamento de cerca de 30 mil litros do combustível, que além da pista, escorreu pela caneleta atingindo as margens da rodovia e o Ribeirão Biguaçu.

    Os trabalhos, que devem seguir até o final desta semana, estão sendo acompanhados de perto pelo secretário Municipal de Meio Ambiente (Sema), Gentil Pereira, e pelo superintendente de Meio Ambiente, Sérgio Bobig. “Além de ser uma determinação do prefeito Júnior da Femac, a presença da Sema em todos os estágios do trabalho de contenção e reparação do acidente ambiental tem caráter de apoio e fiscalização das ações”, informa o secretário.

    A empresa especializada foi contratada pela seguradora da carreta, que é de uma transportadora com sede em Sarandi. “O Instituto Água e Terra do Paraná (IAT) estabeleceu uma série de ações e estamos a campo para garantir que todas as exigências sejam cumpridas”, reforçou Gentil Pereira.

    Até a parte de terra entre o asfalto e a água será preciso remover com trator todo o volume infiltrado. De acordo com Pereira, ainda não é possível aferir o grau de contaminação. “Amostras da terra e da água foram coletadas pelo IAT no dia e no local do acidente e o resultado deve ser divulgado no decorrer da semana, somente então poderemos avaliar com precisão o nível dos danos ao meio ambiente e se as ações estão sendo suficientes”, diz o secretário, frisando que o óleo diesel é altamente poluente. “O que averiguamos até o momento, contudo, é que a empresa responsável pelos trabalhos de reparação ambiental estão seguindo as exigências fixadas pelo IAT”, pontuou Pereira, destacando a importância dos procedimentos serem executados antes de qualquer chuva. “Condição que pode piorar os danos já causados ao meio ambiente”, diz Gentil Pereira, secretário da Sema de Apucarana.

    O acidente – O tombamento da carreta bitrem aconteceu por volta das 10 horas de sexta-feira (30/04) após o motorista perder o controle, bater no guard rail e tombar. O condutor ficou preso nas ferragens e foi retirado por equipes do Corpo de Bombeiros, Samu e da CCR Rodonorte depois de mais de uma hora, sendo encaminhada para o Hospital da Providência. “Acidente envolvendo óleo diesel é bastante preocupante, pois este tipo de combustível cria uma película sobre a água que impede a oxigenação, causando a morte de peixes. A Sema está acompanhando os trabalhos para que tudo seja feito dentro da técnica e da proporção necessária para que os danos ambientais sejam de fato reparados”, conclui Sérgio Bobig, superintendente de Meio Ambiente de Apucarana.



    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Seguradora inicia reparação ambiental no Ribeirão Biguaçu"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.