Mais lidas

    Apucarana

    OPERAÇÃO BLACKOUT

    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana

    A Polícia Militar (PM) de Apucarana, a Guarda Civil Municipal e Agentes de fiscalização da prefeitura fiscalizaram oito pontos comerciais da cidade

    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana
    Foto por PMPR
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 09.03.2022, 16:16:13 Editado em 09.03.2022, 18:35:22
    GoogleNews

    Siga o TNOnline
    no Google News

    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Uma operação foi realizada nesta quarta-feira (09) em Apucarana para tentar dar uma resposta aos recorrentes furtos de fios de cobre na cidade. A operação, denominada Blackout, envolveu 60 pessoas, entre Policiais Militares, Guarda Civil Municipal e agentes de fiscalização da Prefeitura. A prioridade da ação foi fiscalizar oito pontos em bairros da cidade, suspeitos de receptação de fios produtos de furto. Foram visitados na operação estabelecimentos comerciais que vendem sucatas, barracões e até um bar.

    O tenente Paulo Ricardo da Rosa, do 10o. BPM, explicou que a operação teve como alvos apenas locais que foram citados durante as investigações realizadas nos últimos dias pelos quadros de inteligência da corporação. A operação fez duas autuações, duas notificações e a prisão de uma pessoa por tráfico de entorpecentes. Num dos locais fiscalizados, com apoio do canil da PM, foram localizadas 5 porções de crack e maconha.

    O oficial PM explicou que a operação de hoje foi para fiscalizar possíveis pontos de receptação dos fios. No dia-a-dia, explica o tenente Ricardo, a PM tem atuado no sentido de coibir os furtos. Segundo ele, muitas vezes o furto de fios é praticado por viciados. 

    De acordo com a PM, a partir de análises e diligências realizadas pela Agência Local de Inteligência do 10º BPM (ALI), foram cumpridos mandados de busca e apreensão em locais no Jardim Apucarana, Vila Nova, Jardim Colonial e Parque Industrial Norte. Em três alvos foram encontrados fios de cobre sem origem comprovada por notas de compra, materiais que podem ser oriundos de furtos cometidos na região.

    No total, foram apreendidos aproximadamente 80 kg de fios de cobre.  "O objetivo primordial é dar uma resposta à população apucaranense a respeito do furto de fios, que vem sendo uma prática recorrente. Por isso o foco em investigar possíveis envolvidos na receptação, como forma de combater essa prática", finaliza o tenente do 10o. BPM. 

    Foram lavradas multas pelos agentes da Prefeitura. Diversos furtos de fios foram registrados nas últimas semanas em Apucarana. Empresas, construções e até escolas foram alvos dos ladrões. O prejuízo em um colégio da cidade passou dos R$50 mil. A prefeitura sofreu um prejuízo de mais de R$ 200 mil em fios furtados. 

    Muitos empresários também tiveram grandes prejuízos com os recorrentes furtos.  Assista a entrevista:    

      



    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Operação coíbe comércio ilegal de fios de cobre em Apucarana"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.