Mais lidas

    Apucarana

    VANDALISMO

    Furtos de fios: prejuízo passa de R$200 mil para prefeitura

    A Autarquia da Educação é o setor mais prejudicado em Apucarana com o vandalismo.

    Furtos de fios: prejuízo passa de R$200 mil para prefeitura
    Foto por Imagem ilustrativa
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 12.01.2022, 17:19:03 Editado em 12.01.2022, 17:19:01
    GoogleNews

    Siga o TNOnline
    no Google News

    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A onda de furtos de cabos de energia elétrica em Apucarana tem causado prejuízos tanto no setor privado quanto no setor público. Somente nos prédios públicos da prefeitura da cidade, a prática já causou um prejuízo estimado em R$ 231 mil. Administração municipal tem cobrado das forças de segurança empenho no combate a este crime e uma força tarefa já foi criada na cidade com este intuito.

    Segundo a assessoria da prefeitura, a educação foi o principal setor prejudicado com os arrombamentos e furtos de fiação e de equipamentos, além de danos em geral de telhado, janelas e portas.  Doze prédios da educação, entre escolas e CMEIs foram arrombados e furtados nos últimos meses. Só na educação estima-se um prejuízo de RS200 mil.

    Ainda de acordo com a assessoria, recentemente, mais dois prédios públicos foram arrombados, a nova sede da Secretaria da Agricultura (prédio antigo adquirido junto à Copel), com prejuízo de R$ 7 mil. E também o antigo prédio da Justiça do Trabalho, na Rua São Paulo, com prejuízo de R$ 4 mil. Nesta semana foram furtados durante a madrugada cabos de fiação do Residencial Fariz Gebrim, que está em fase final de obras de saneamento. O prejuízo é de cerca de R$20 mil, com o furto da fiação de 25 casas e também da rua em dois quarteirões. Canil, UPA e setor de ambulâncias da AMS também tiveram cabos telefônicos furtados nas ruas. O custo de reposição corre por conta das operadoras de telefonia.

    O prefeito Junior da Femac se manifesta indignado com os constantes arrombamentos, furtos de fios e equipamentos e depredação do patrimônio público. “Estamos mantendo contato frequente com as forças policiais, que estão trabalhando nas investigações para identificar e prender os autores de tais delitos. Lamento que escolas, centros de educação infantil, unidades básicas de saúde e outros prédios públicos sejam saqueados e danificados, prejudicando toda a população”, afirma o prefeito.

     O secretário de gestão pública, Nicolai Cernescu Junior, anuncia que já está em andamento uma licitação para contratação de vigilância 24 horas por dia em todos os prédios da educação, e que o mesmo procedimento deve ser adotado para a saúde e outros setores.    

    Investigação

    De acordo com o delegado chefe da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, a polícia trabalha em cima desses casos de furtos e algumas prisões em relação a esta prática já foram realizadas. “Estamos trabalhando para tentar identificar os responsáveis, através do nosso departamento de furtos e roubos. Durante as investigações, chegamos a pensar que poderia ser a ação de uma quadrilha especializada, mas inicialmente essa hipótese foi descartada. Nosso objetivo agora é focar em relação em receptação, ou seja, quem está recebendo este material furtado. As investigações estão em andamento”, garantiu o delegado.

     

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Furtos de fios: prejuízo passa de R$200 mil para prefeitura"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.