MAIS LIDAS
VER TODOS

educação

Inteligência artificial é uma das apostas para a redação do Enem

Primeira fase da prova acontece no domingo e deve mobilizar quase 6,5 mil estudantes em Apucarana, Arapongas, Ivaiporã, Jandaia do Sul e Mauá da Serra

Da Redação

·
Escrito por Da Redação
Publicado em 03.11.2023, 18:52:56 Editado em 04.11.2023, 18:12:44
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

É difícil saber com precisão qual será o tema da “temida” redação do Exame Nacional do Ensino Médio 2023 (Enem), mas é possível arriscar algumas possibilidades. A primeira fase da prova acontece neste domingo (5) e deve mobilizar quase 6,5 mil estudantes em Apucarana, Arapongas, Ivaiporã, Jandaia do Sul e Mauá da Serra que terão que fazer uma redação dissertativa-argumentativa de até 30 linhas, além de responder questões objetivas de linguagens e de ciências humanas. A segunda fase do Enem será em 12 de novembro.

continua após publicidade

Segundo o professor de literatura e produção textual de Apucarana, Bruno Augusto Monteiro Gonçalves, é difícil pensar em um tema específico, por isso os assuntos mais comentados durante o ano podem ser grandes apostas para esta edição como é o caso da inteligência artificial, por exemplo.

-LEIA MAIS: Enem: alunos afetados pelas chuvas podem pedir reaplicação das provas

continua após publicidade

“Tem alguns assuntos que são bastante interessantes como a relação entre a inteligência artificial e o meio de trabalho, o próprio desenvolvimento da inteligência artificial que está bastante forte e a questão do Chat GPT”, destaca.

Na linha de temas sociais, o professor também acredita que assuntos como etarismo, preconceito contra idosos e deficientes podem surgir na prova; trabalho infantil e a forma como os pais lidam com dinheiro arrecadado pelos filhos; e preconceito contra pessoas em vulnerabilidade social (aporofobia).

Outra grande aposta é o meio ambiente e as mudanças climáticas, especialmente diante das recentes catástrofes naturais que assolaram o Brasil e o mundo. “A situação do meio ambiente, crises climáticas e a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 30) que vai acontecer no Brasil, entre outros”, destaca.

continua após publicidade

Gonçalves reforça que o Enem possui histórico de temas sociais. Linhas filosóficas e de reflexão não são muito comuns. “Qualquer tema relacionado com nossa sociedade é bem possível de cair na prova. Principalmente problemas sociais que nós vivemos”, observa o professor.

Dicas

Para se dar bem na prova, a dica do professor Bruno é manter a calma e prestar atenção, analisando bem os textos de apoio, levando em consideração o que foi escolhido para embasar o tema de redação. “Fazendo uma boa leitura, boa interpretação dos textos de apoio, organizando as ideias, definindo repertório, pé-organizando o rascunho antes de começar a escrever, tudo isso facilita. Ter ideias bem organizadas faz toda a diferença na hora de escrever um texto para uma prova desse porte”, afirma.

“A prova não é inimiga do aluno. É o passo que ele deve dar para chegar ao seu objetivo. A maior pegadinha do Enem é ser uma prova longa. São 180 questões e uma redação e o tempo deve ser muito bem organizado e administrado pelo aluno”, acrescenta o professor.

continua após publicidade
 Professora Márcia Leciuk idealizou curso preparatório para o Enem e vestibulares
Icone Camera Foto por reprodução
Professora Márcia Leciuk idealizou curso preparatório para o Enem e vestibulares

Cursos preparatórios ajudam a reduzir ansiedade e estresse dos alunos

Tendo em vista a importância do Enem e de outros vestibulares, a professora Márcia Leciuk, de Apucarana, criou um espaço de estudos voltado especificamente para esta finalidade, onde os alunos podem aprimorar suas capacidades, com aulas direcionadas para o desenvolvimento do raciocínio interpretativo. De acordo com a professora, a preparação pode ser desafiadora para muitos estudantes pois o exame abrange uma ampla gama de conteúdo das disciplinas de matemática, ciências da natureza, ciências humanas e linguagens o que traduz em grande dificuldade para os alunos, especialmente se eles não tiverem uma base sólida em todas as áreas. “Acredito que a preparação através de um curso pode ajudar a reduzir a ansiedade e o estresse que muitos estudantes sentem em relação ao Enem, proporcionando confiança e preparação”, assinala.

continua após publicidade

Enem abre portas

Leciuk ressalta que a prova do Enem é uma avaliação de grande importância no contexto educacional do Brasil e agrega várias vantagens aos estudantes que estão concluindo o ensino médio quanto para aqueles que já concluíram. “O Enem é amplamente utilizado como critério de seleção para ingresso em instituições de ensino superior, incluindo universidades públicas e privadas. Muitas universidades adotam o Enem como parte do processo de seleção, seja como única forma de ingresso ou como parte do processo de seleção junto com outras notas”, destaca. A professora também salienta que uma boa pontuação é critério para a concessão de bolsas de estudo e financiamentos estudantis, como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)”, destaca.

Além de servir como um meio de ingresso ao ensino superior, o exame também permite que pessoas que não concluíram o ensino médio obtenham a certificação de conclusão por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O resultado do Enem também pode ser utilizado como critério de seleção para programas governamentais, como o Ciência sem Fronteiras, que oferece a oportunidade de estudar no exterior, e o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que permite o ingresso em universidades públicas.

“Dentre tudo isso, os resultados do Enem ainda podem ser relevantes em contextos específicos, como o acesso a instituições brasileiras no exterior ou a participação em programas de intercâmbio com critérios adicionais. Para estudantes que desejam estudar no exterior, geralmente é necessário considerar outros exames, como o SAT (para os Estados Unidos) ou exames de proficiência em inglês, dependendo do país de destino", ressalta a professora.

Estudantes buscam descansar antes da prova

A estudante apucaranense Anielly Rossi Schatz, de 21 anos, está entre os mais de 6,4 mil candidatos inscritos no Enem na região. Ela conta que está se preparando desde o início do ensino médio, com o objetivo de ingressar no curso de medicina. Com a proximidade da prova, a jovem buscou revisar o conteúdo nas duas semanas anteriores e agora pretende descansar na véspera do exame.

“Estou me preparando para prestar vestibulares desde o início do meu ensino médio, no entanto, com maior foco a partir de 2020, ano no qual escolhi a medicina como meta”, revela.

Anielly ressalta que, diferentemente dos vestibulares tradicionais das universidades, o Enem disponibiliza outras formas de ingresso aos cursos de graduação de várias regiões do Brasil, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Financiamento Estudantil (Fies) e Prouni. “Acredito que, por apresentar um grande peso na nota final, a redação seja uma das partes mais desafiadoras para mim no Enem, mas com preparo e dedicação espero alcançar meus objetivos”, anseia.

Os exames ocorrerão nos próximos dois domingos, em 5 e 12 de novembro. O início das provas nos dois dias está programado para as 13h30 (horário de Brasília) até as 19 horas.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Inteligência artificial é uma das apostas para a redação do Enem"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!