Apucarana

Feira Verde já entregou mais de 3 toneladas de hortifruti em Apucarana

Completando um mês de atividades, o Programa já percorreu nove bairros da cidade, atendeu 854 famílias e entregou 3.635 quilos de alimentos

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Programa Feira Verde, realizado pela Prefeitura Municipal de Apucarana, completou um mês de atividades e, nesse período, a troca de recicláveis por hortifrutis já percorreu nove bairros, atendeu 854 famílias e entregou 3.635 quilos de alimentos. Nesta quarta-feira (15), a edição do Feira Verde foi realizada na Vila Regina, em Apucarana. 

continua após publicidade

O prefeito Junior da Femac lembra que o Feira Verde, programa que integra as ações na área de segurança alimentar e nutricional, foi lançado no dia 12 de maio no Residencial Solo Sagrado. “As primeiras edições foram um desafio para a equipe da Secretaria da Agricultura. O programa está tendo maciça adesão e gerando expectativa. As pessoas nos encontram e perguntam: quando o Feira Verde vem para o nosso bairro?”, relata Junior da Femac.

O prefeito afirma que, após a consolidação, a equipe já está preparando a fase de expansão. “Com um mês de atividades, o programa já está estruturado e conta com um caminhão e uma câmara fria cedidos pela Autarquia de Educação, o que garante que os alimentos cheguem frescos para os moradores. Agora, a equipe vai implantar uma nova dinâmica visando atender mais bairros durante a semana”, frisa Junior.

continua após publicidade

De acordo com Gérson Canuto, secretário Municipal de Agricultura, a intenção a, partir de meados deste mês, é diminuir o tempo de atendimento nos bairros, que atualmente é de 2 horas e passará a ser de 45 minutos. “Com isso, pretendemos atender dois bairros próximos na mesma região da cidade, aumentando o número de regiões atendidas”, projeta Canuto.

Após um mês de atividades, a equipe da Secretaria da Agricultura também já iniciou os retornos. Já voltamos ao Solo Sagrado e pudemos perceber que na volta a participação das pessoas praticamente dobrou, mostrando que o programa tem a confiança e a credibilidade da população”, avalia Canuto.

O vereador Rodrigo Lievore, que sugeriu a criação do programa para o prefeito Junior da Femac, afirma que a iniciativa apresenta bons resultados. “Foram destinadas toneladas de materiais recicláveis para a Copap, gerando renda para os trabalhadores da cooperativa. Ganham também os agricultores familiares, que fornecem os hortifruti. A gente percebe também, onde ocorreu o retorno, que os terrenos baldios já estão mais limpos, contribuindo com o meio ambiente e aumentando a vida útil do aterro sanitário”, pontua Lievore.

continua após publicidade

Amanda Tavares, diretora da Escola Municipal Papa João XXIII, localizada na Vila Regina, afirma que o programa também tem um cunho pedagógico. “Fizemos a mobilização da comunidade através dos alunos, informando por meio de bilhete na agenda e dos grupos de WhatsApp. Pedimos para os estudantes conscientizarem seus familiares, falando sobre a importância da correta destinação, fazendo a reciclagem do lixo e trazendo para a troca por hortifrutigranjeiros”, reforça Amanda.

De acordo com Edeson Luiz Martins, que trabalha na separação e na entrega das sacolas, os agricultores familiares forneceram 25 itens diferentes até o momento. “Toda semana buscamos apresentar uma novidade, como foi o caso do pão, da geleia de abóbora e de banana, pitaia, uva, bolacha caseira, milho verde, berinjela e do brócolis”, cita Martins, lembrando ainda que neste período também foram distribuídos abacate, alface, almeirão, beterraba, laranja, cebolinha, salsinha, couve-flor, goiava, mandioca, abobrinha, chuchu, repolho, tomate, banana e pimentão.


Fonte: Prefeitura Municipal de Apucarana.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News