Apucarana

Feira Verde é realizada no Núcleo Habitacional Michel Soni

O projeto possibilita à população promover a troca de papel, plástico e papelão por hortaliças, legumes e frutas

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A quinta edição do Programa Feira Verde é realizada nesta quinta-feira (2), no Núcleo Habitacional Michel Soni, em Apucarana, das 9 às 11 horas. Cada 4 quilos de recicláveis podem ser trocados por um quilo de hortifrutis. O caminhão da coleta seletiva de recicláveis, da Cooperativa dos Catadores de Apucarana (Cocap) está no bairro para receber os materiais.

continua após publicidade

Os próximos locais da que o programa vai passar são: dia 7 de junho no Residencial Orlando Bacarin e no dia 9 de junho no Jardim Marissol, sempre no período das 9 às 11 horas.

No dia 9 também vai acontecer edição do programa na parte da tarde, das 14h30 às 16h30, que atenderá os moradores do Núcleo Habitacional Marcos Freire. 

continua após publicidade

O  Programa Feira Verde foi lançado no dia 12/5, no Residencial Solo Sagrado. O projeto possibilita à população promover a troca de papel, plástico e papelão por hortaliças, legumes e frutas adquiridas pelo município junto a produtores agrofamiliares.

Regido por decreto municipal, pelas regras poderão ser trocados somente três tipos de materiais: papel, plástico e papelão. “Trata-se de um programa fantástico sugerido pelo vereador Rodrigo Liévore a partir de uma experiência que ele conheceu na cidade de Ponta Grossa e encampado prontamente por nossa administração. Uma ação onde todos ganham e que gera um retorno muito positivo ao meio ambiente, à saúde da população, às famílias rurais, ao poder público e à cooperativa de reciclagem, para onde iremos encaminhar os materiais angariados junto ao programa”, detalhou o prefeito Júnior da Femac. Ele reforça que no ponto de troca só serão recebidos papel, plástico e papelão. “Metais, vidros, pneus, tecidos, madeira, móveis usados, eletrodomésticos e eletroeletrônicos, por exemplo, não integram o objetivo do programa”, alerta o prefeito.

O Programa Feira Verde estabelece que a cada quatro quilos de material reciclável a pessoa tem direito a receber um quilo de hortifruti. “Como bem diz o prefeito Júnior da Femac, é uma ação onde todos ganham, que protege o meio ambiente ao promover o senso de reciclagem, que contribui para prolongar a vida útil do aterro sanitário, que distribui alimento saudável, que gera renda aos produtores rurais e que contribui para o aumento da produção da cooperativa de recicláveis”, reforça o vereador Rodrigo Liévore, idealizador local do Programa Feira Verde.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News