Apucarana

Falsa enfermeira: MP e Polícia cumprem mandados de busca

Foram apreendidos diversos documentos, carteiras de vacinação e equipamentos eletrônicos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Falsa enfermeira: MP e Polícia cumprem mandados de busca
Falsa enfermeira: MP e Polícia cumprem mandados de busca

O Ministério Público do Paraná e a Polícia Civil de Apucarana cumpriram na quinta-feira (20),  mandados de busca e apreensão no âmbito de apuração sobre a conduta da falsa enfermeira que teria desviado vacinas contra a Covid-19. As ordens judiciais foram cumpridas em diversos endereços, sendo um deles na Autarquia Municipal de Saúde.

continua após publicidade

O caso vem sendo investigado pelo MPPR, por meio da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca, após informações de que a falsa profissional de saúde teria oferecido doses de vacina a pessoas não contempladas nos grupos prioritários, por meio do aplicativo WhatsApp – ela trabalhava como voluntária na vacinação contra o coronavirus no município.

No cumprimento dos mandados desta quinta-feira (20) foram apreendidos diversos documentos, carteiras de vacinação e equipamentos eletrônicos, dentre outros, que agora serão analisados pelas autoridades responsáveis pela investigação. O MPPR busca esclarecer, entre outros pontos, o possível envolvimento de servidores públicos na subtração das doses. Será apurada também a eventual responsabilização de pessoas que possam ter sido beneficiadas com a aplicação da vacina pela suposta profissional de saúde.

continua após publicidade

 No último sábado, 15 de maio, a mulher foi presa em flagrante, suspeita de crime de peculato, podendo responder também pelos crimes de falsidade ideológica e infração de medida sanitária.

A falsa enfermeira segue presa preventivamente, por força de decisão proferida pelo Juízo da 1ª Vara Criminal da comarca.