Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Maria Helena: caso completa quatro meses e família cobra respostas 

.

O mistério continua e a angústia da família só aumenta. Onde está Maria Helena de Carvalho?  O desaparecimento da jovem, completa neste sábado (11) quatro meses. A irmã, Maria Madalena Bispo Carvalho, cobra respostas e até acredita que a apucaranense esteja viva.

Maria Helena foi vista pela última vez no dia 11 de setembro de 2019. A Polícia Civil de Apucarana continua investigando e trata o caso como um feminicídio e trabalha para tentar encontrar Thomas de Oliveira de Melo, que era marido da jovem e principal suspeito de cometer o crime, que está foragido. 

"Nós sabemos que a polícia acredita que ela está morta. Eu acredito 50% nessa hipótese, mas agora, pensando melhor, acredito também que ele sequestrou ela, que minha irmã é mantida refém por ele. Quando eles brigavam e se separavam, ele praticamente parava de viver, parecia um mendigo. Ele sempre falou que não viveria sem ela. Quem me garante que ele não está com ela? Não apareceu nenhum corpo até agora. Sabemos que a principal linha de investigação da polícia é o assassinato, mas até agora nada, nenhuma resposta, nenhum corpo," comenta Maria Madalena. 

Muito emocionada, Maria se recorda do Natal de 2018, quando passou a data ao lado da irmã. "É a melhor lembrança que tenho dela, nós juntas,comemorando o Natal. No ano passado, não comemoramos nada. Está muito difícil para nós. Nós vivemos com medo, medo dele aparecer novamente em Apucarana, em querer se vingar de nós. Eu praticamente não saio de casa, vou trabalhar e quando percebo estou chorando, eu só queria notícias, saber da minha irmã, se ela morreu mesmo, queria o corpo dela," enfatiza.

A irmã acredita que Thomas não saiu do país. "Eu acho que ele ainda está na região de Santa Catarina, e que a família dele, está acobertando ele. Ele é uma pessoa do mal, é ruim. Ele quando viveu com a minha irmã, já agredia ela, não deixava ela ter muito contato com a família. Apensar de tudo, ela sempre perdoava ele. Ele conseguia entrar na mente dela,"detalha. 

Maria Madalena ainda contou como os filhos de Maria Helena estão. "O menino de oito anos, é um menino triste, ele fica calado, dá pra ver a tristeza no olhar dele, a menina de três anos, apensar de não falar bem, do jeitinho dela, já fala, minha mãe está morta. É muito triste ver essas crianças assim. Os filhos eram tudo pra ela, eles eram um grude com ela. Eu nunca na minha vida imaginei passar por uma situação dessa," desabafa. 

A Polícia Civil de Apucarana conta com o apoio da Polícia Civil de Santa Catarina. Juntos tentam localizar Thomas. O delegado Marcus Felipe da Rocha, responsável pelo caso, informou que não pode repassar mais detalhes das investigações. 

Enquanto isso, a família sofre, e espera que o mistério seja o mais rápido esclarecido. 

"Nós queremos respostas, virou o ano, e não sabemos de nada, não sabemos como andam as investigações. Será que se fosse uma pessoa rica, com dinheiro, as coisas não seriam diferentes? Queremos que essa dor acabe, até quando vamos viver assim? Queria minha irmã de volta, ao meu lado. Só Deus," finaliza Maria Madalena. 

Marida Madalena, irmã de Maria Helena. Ela e a família cobram respostas.

Segundo as investigações, no dia 11 de setembro de 2019, durante a noite, o casal teve uma discussão. No dia seguinte ela já não foi mais vista. As imagens de segurança do prédio onde o casal vivia revelaram que, no dia 12, durante a madrugada, Thomas saiu com seu veículo e retorna a pé. Ele teria deixado o carro na rua lateral do prédio. Ao amanhecer, o suspeito saiu com a filha de três anos e com o filho de Maria Helena, um menino de oito anos. 

As gravações também revelaram que ele volta para o prédio sozinho.O que chama atenção é que, entre os dias 13 e 14, ele vende alguns móveis do apartamento. No dia 15 ele sai com duas malas e desaparece.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber