Apucarana

Produção de flores aumenta 30% na região de Apucarana

Da Redação ·
Família apucaranense faz das flores profissão há mais de 40 anos - Foto: Delair Garcia
Família apucaranense faz das flores profissão há mais de 40 anos - Foto: Delair Garcia

Produtores de flores da região estão otimistas com as vendas para o Dia das Mães, que é comemorado no próximo domingo (10).

continua após publicidade

Em um sítio de Apucarana, a produção aumentou cerca de 30% em relação ao ano passado para atender a demanda dos lojistas e as vendas já estão fechadas.

Agricultores aproveitam para escoar a produção na data, que é uma das melhores do ano para a venda das plantas.

continua após publicidade

Na plantação da família Metta, de Apucarana, a produção de flores começou cedo este ano, já visando o Dia das Mães. “As mudas foram plantadas em janeiro e as encomendas antecipadas por floriculturas e supermercados. Agora, só estamos fazendo as entregas das mercadorias”, afirma o produtor Luís Carlos Metta. Metta confessa que o produtor estava temendo a queda das vendas esse ano devido ao cenário econômico instável do país. “Sempre há um receio, ainda mais em época de crise.

Contudo, como o Dia das Mães é a data que o produtor mais vende flores, sempre apostamos no aumento da produção, pois os lojistas não deixam de nos procurar. Vemos que o temor maior é deles, afinal as vendas no comércio em geral vêm caindo”, diz o produtor. 

Otimista, Metta apostou no aumento da produção de gérbera em seu sítio – foram 10 mil vasos esse ano contra 5 mil em 2014, o dobro.

continua após publicidade

O vaso de gérbera sai da produção a R$ 6, e pode ser encontrado pelo consumidor na floricultura a R$18, um custo acessível para quem deseja presentear a mãe.

A cravina, outra flor bem requisitada, também foi aposta de aumento da produção - de 3 mil vasos no ano passado para 5 mil em 2015, a um preço final do vaso a R$ 5.

O plantio de flores que enfeitam buquês, como o tango e o áster, chamados de mosquitinho, também foi dobrado – de 5 para 10 mil maços esse ano. Eles saem da produção por R$ 4 o maço, e o preço nas floriculturas varia, pois são inclusos no valor do buquê. Nas floriculturas de Apucarana, um buquê com uma dúzia de rosas e enfeitado, por exemplo, é vendido a R$50, em média. 

continua após publicidade

PRESENTES

Além do tradicional buquê de rosas, orquídeas e lírios são flores bastante requisitadas pelos consumidores para presentear as mães. Não há produção delas na cidade, mas elas são revendidas por produtores às floriculturas.

O vaso de orquídea custa para o cliente a partir de R$24. Já o lírio varia de R$20 a R$25. A gerente administrativa de uma floricultura da cidade, Fabiana Leite, diz que muitos pedidos já foram fechados com antecedência. “O consumidor fica com medo de ficar sem, por isso já garante a reserva”, diz.

Ela afirma que as vendas de flores até agora na loja estão semelhantes ao ano passado. “Temos preocupação com a instabilidade do mercado, mas ainda assim, esperamos uma saída grande de flores, afinal, é um presente que sempre agrada quem ganha e o preço é acessível para quem compra”, conclui.