Apucarana

Promotor eleitoral investiga comitês em Apucarana

Da Redação ·

O promotor Eduardo Cabrini confirmou que foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em comitês e nas residências dos atuais e candidatos a vereadores Mauro Bertoli e Lucas Leugi. A ação aconteceu na manhã deste sábado (7). Uma arma foi apreendida. 

continua após publicidade

Conforme o promotor, os mandados foram autorizados pela  Justiça Eleitoral. "Estamos investigando a compra de votos por meio de pagamento de combustível e cesta básica. Foram apreendidos documentos nos comitês dos dois candidatos e  todo o material será analisado," explicou Cabrini. 

Na casa do vereador e candidato Mauro foi encontrado uma arma e por isso o ele foi levado para a 17ª Subdivisão Policial de Apucarana. Após pagamento de fiança o parlamentar foi liberado.

continua após publicidade

A arma pertence a um irmão de Mauro. O vereador pegou emprestado para segurança familiar, após um assalto que aconteceu na casa dele. Na madrugada do dia 28 de outubro, ladrões invadiram a residência de Bertoli. Toda a família foi feita refém e os ladrões fugiram levando dinheiro, objetos e uma arma registrada.

O vereador e candidato Lucas divulgou uma nota. Confira: "Cumpriram na minha casa e no meu comitê nesta manhã mandado de busca e apreensão com o objetivo de encontrar irregularidades em relação a compra de votos através de combustível. Temos mais de 600 adesivos colados nos carros de amigos que confiam em nosso trabalho sem nenhum tipo de troca. Alguns opositores por medo fazem denúncias vazias, está chegando a hora do MEDO. Isso nos fortalece ainda mais", escreveu. 

Promotor eleitoral investiga comitês em Apucarana - Vídeo por: Reprodução  


Tags relacionadas: #Apucarana #Eleitoral