Vale do Ivaí

Visa emite alerta para escorpião-amarelo em Ivaiporã

Em 15 dias foram encontrados dois escorpiões na área central da cidade

Da Redação ·
Escorpião-amarelo
fonte: Assessoria PMI
Escorpião-amarelo

No período de 15 dias, foram encontrados 2 escorpiões Tityus serrulatus (amarelo) na área central de Ivaiporã – entre o Banco do Brasil e a Paróquia Bom Jesus, e entregues à Vigilância Sanitária, que alerta a população devido à rápida proliferação da espécie.

continua após publicidade

Com as temperaturas mais elevadas, o cuidado em relação à picada do escorpião-amarelo deve ser redobrado, uma vez que o clima quente e úmido favorece o surgimento em esgotos e entulhos.

A coordenadora da Vigilância Sanitária, Elaine Nogueira, explicou que o escorpião-amarelo é uma das espécies mais perigosas que existe no Brasil e causa acidentes mais graves. “A espécie se adapta rapidamente a esgotos e entulhos, e se espalha com facilidade para outras áreas da cidade. Além disso, o escorpião-amarelo se alimenta de baratas, por exemplo. Por isso, pode se proliferar próximo a lixo acumulado”, alertou Elaine Nogueira.

continua após publicidade

Para evitar a entrada do escorpião-amarelo em casa ou apartamento é recomendável usar telas em ralos, pias e tanques; vedar frestas; afastar camas e berços das paredes; colocar soleiras nas portas; consertar rodapés; evitar acúmulo de lixo para não atrair baratas; e ficar atento às roupas e calçados antes de usá-los.

A picada do escorpião-amarelo causa dor intensa, falta de ar e aumento da frequência cardíaca. Em caso de picada, leve a pessoa o mais rápido possível para atendimento médico. Se possível capturar o escorpião-amarelo e levar à unidade hospitalar para facilitar o diagnóstico e tratamento.

Caso o morador encontre, capture ou mate um escorpião-amarelo em casa ou no apartamento deve informar a Vigilância Sanitária de Ivaiporã pelo telefone (43) 3472-2265.