Vale do Ivaí

Vereadores concedem Moção de Apoio à Frente contra o Pedágio

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Vereadores concedem Moção de Apoio à Frente contra o Pedágio
fonte: Reprodução/ Arquivo
Vereadores concedem Moção de Apoio à Frente contra o Pedágio

Os nove vereadores da Câmara de Marilândia do Sul aprovaram a Moção de Apoio à Frente Parlamentar sobre o Pedágio da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A indicação é de autoria dos vereadores Cradenil Shibao, Tatiane Seressuela, João Carlos Granada e Jucelino Vilaça, mas ganhou o apoio do restante dos colegas.

continua após publicidade

O argumento apresentado é que, caso o novo modelo de concessão do pedágio seja aprovado e entre em vigor, vai prejudicar a vida de todos os moradores de Marilândia do Sul, pois muitos trabalham, estudam ou buscam tratamento médico em outras cidades.

No documento, os vereadores citam em especial a praça prevista no Km 251, da Br-376, entre Apucarana e Califórnia. Para o coordenador da Frente do Pedágio, o deputado Arilson Chiorato (PT), este gesto dá ainda mais força para continuar com os trabalhos e acompanhar a nova cessão das rodovias às pedagiadoras.

continua após publicidade

“Estamos trabalhando firmemente pela população paranaense, que está cansada de pagar pedágio caro e não ver as obras prometidas entregues. As audiências deram uma pausa por causa desse momento tão especial de contaminação do coronavírus, mas, assim que possível, vamos retomar o diálogo com toda a sociedade”, garante Arilson. 

Audiência de Avaliação - Nesta quinta-feira, (4), os deputados que integram a Frente Parlamentar sobre o Pedágio vão se reunir, de forma, remota, para avaliar as sete audiências públicas realizadas até o momento.

Na ocasião, os deputados também vão traçar um plano de atuação com o intuito de fazer com que o modelo proposto seja alterado e as rodovias licitadas com a garantia do menor preço de tarifa e garantia da execução das obras.

A reunião da Frente Parlamentar sobre o Pedágio será transmitida ao vivo, a partir das 14h30, pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo e também do deputado Arilson Chiorato.