Mais lidas

    Vale do Ivaí

    ACIDENTE

    Trânsito está menos violento na região

    Placar da Vida aponta queda em praticamente todos os indicadores no 1º quadrimestre em Apucarana e Arapongas

    Trânsito está menos violento na região
    Foto por TNOnline
    Escrito por Cindy Santos
    Publicado em 09.05.2021, 13:30:00 Editado em 07.05.2021, 20:37:44
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Levantamento do setor de segurança aponta que o trânsito está menos violento nos maiores municípios da região. A cidade com maior queda no número de mortes em acidentes na área urbana é Arapongas, com redução de 50% no primeiro quadrimestre deste ano em comparação com o ano passado.

    Apucarana diminuiu em 50% os atropelamentos no período. A queda dos dígitos vai de encontro com o objetivo da campanha Maio Amarelo, lançada anteontem pelo Governo do Estado, que visa aumentar a segurança no trânsito. Neste ano, as ações alusivas à campanha foram adiadas por conta da pandemia. 

    De acordo com o relatório da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito (Sestran) de Arapongas este ano duas pessoas morreram em acidentes na área urbana. Já no ano passado foram quatro.

    No primeiro quadrimestre deste ano foram registradas 280 acidentes,  2,97% a menos que ano passado. Já os atropelamentos tiveram 11 ocorrências em 2020 e 6 este ano, uma queda de 45,45%.

    No total, 180 vítimas se envolveram em acidentes de trânsito em 2020, contra 138 este ano, uma queda de 23,33%. Em contrapartida, os acidentes com motos aumentaram 22,36% passando de 161 para 197. 

    “Nossas equipes de trânsito seguem acompanhando e orientando toda a população. Esperamos que em breve, com o fim da pandemia, possamos fazer um grande evento de conscientização no município”, disse a guarda municipal Michele Zanin.

    Atropelamentos caem pela metade em Apucarana

    Apucarana teve redução em praticamente todos os índices na área urbana. Conforme dados repassados pelo 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o número de atropelamentos caiu 50% no primeiro quadrimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. O número de feridos diminuiu 18,2%, assim como o total de acidentes, 7,4%. Ocorrências envolvendo motos caíram 23,6%, enquanto as que envolveram bicicletas reduziram 37,5%. Neste ano, uma pessoa morreu após o tombamento de um caminhão, mesmo número registrado em 2020 (ler gráfico).

    Segundo o presidente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan) Carlos Mendes, a direção defensiva é a única ação positiva que pode ser tomada pelos motoristas para evitar acidentes. “Se o motorista tiver consciência de que deve cuidar da própria vida e a dos outros vai dirigir com mais responsabilidade, com certeza”, orienta.

    De acordo com ele, neste ano as ações voltadas ao Maio Amarelo devem acontecer apenas na internet, por conta da pandemia da Covid-19.

    MAIO AMARELO

    O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) lançou na quarta-feira a campanha “Maio Amarelo 2021: Sua história merece continuar”. Neste ano, o tema destaca a importância da valorização da vida e da trajetória de cada pessoa. Reforçando a ideia central da campanha, a Prefeitura de Arapongas, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito (Sestran) reforça junto à população a importância das atitudes mais conscientes e prudentes, para um trânsito cada vez mais seguro. “Por conta da pandemia, não poderemos fazer ações presenciais, como em anos anteriores. Por isso, enfatizamos que todos os motoristas e pedestres sempre estejam atentos e que respeitem as leis de trânsito para a segurança de todos”, afirma o secretário da Segurança, Paulo Argati. 


    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Vale do Ivaí

    Deixe seu comentário sobre: "Trânsito está menos violento na região"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.