Tribuna do Norte Online
Saiba Agora
Últimas notícias
    Você está em

    Região

    Região registra primeira morte por dengue e mais dois municípios em epidemia

  • Foto por
    Escrito por Da redação
    Publicado em 07/04/2020 Editado em 07/04/2020

    O Vale do Ivaí registrou o primeiro óbito por dengue. Trata-se de uma paciente de 37 anos de Ivaiporã com sequela de paralisia cerebral. A morte foi confirmada com outras oito no boletim semanal da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado nesta terça-feira. O relatório aponta também o avanço da doença na região com a inclusão dos municípios de Faxinal e Rosário do Ivaí na lista das cidades em epidemia da doença. 

     Em Faxinal, foram confirmados 63 casos de dengue. Já em Rosário do Ivaí são 26 confirmações. O Vale do Ivaí tem dez municípios em epidemia de dengue: Marumbi (19), Sabáudia (89), São Pedro do Ivaí (182),Godoy Moreira (167). Jardim Alegre (512), Lunardelli (148) e São João do Ivaí (147). O primeiro município da região a registrar epidemia, Ivaiporã, é o que tem o maior número de casos e um dos maiores índices epidêmicos, são 1.568 casos, 4,5 mil para cada 100 mil habitantes. Considera-se em epidemia quando a razão é maior que 300 casos por 100 mil habitantes.

    No relatório desta terça-feira também foram registrados: 2 óbitos em Cianorte, duas mulheres, sem comorbidades, uma de 50 anos e outra de 39; 2 óbitos em Toledo, uma mulher de 88 anos, com quadro de hipertensão, e um homem de 80 anos, com quadro de hipertensão e insuficiência cardíaca;  um óbito em Londrina, mulher de 89 anos, com insuficiência renal crônica; um óbito em Ivaiporã, mulher de 37 anos, com sequela de paralisia cerebral; um óbito em Rolândia,  homem de 51 anos, sem comorbidade; um óbito em Nova Aurora, homem de 59 anos, sem comorbidade, e um óbito em Santo Antonio da Platina, uma jovem de 15 anos, também sem histórico de doença pré-existente.


    O boletim divulgado hoje também atualiza o número de municípios em epidemia; são 189. Outros 33 estão em situação de alerta. São 102.247 casos de dengue confirmados no Estado, com aumento de 14.527 casos em relação a semana anterior.


    São 9 óbitos confirmados nesta semana. Na publicação da semana passada o total de óbitos no período era de 69, hoje são 78. O período de monitoramento começou em agosto de 2019 e segue até julho deste ano.


    “Estamos vivendo um momento de isolamento social, as pessoas estão passando a maior parte do tempo em casa como medida de proteção fundamental para o controle do coronavírus; por isso reforçamos nosso pedido para que todos contribuam com uma verificação detalhada nos quintais e nos ambientes internos das residências para eliminação dos criadouros do mosquito transmissor da dengue. É o momento de identificarmos o foco e eliminarmos, é uma questão de responsabilidade social”, afirma o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto. 


    “Temos uma situação de epidemia no estado por dengue e uma pandemia de coronavirus; precisamos aplicar todas as medidas preventivas para as duas infecções e, no caso da dengue, já esta comprovado que a retirada dos focos é a melhor alternativa”, complementou o secretário.



    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    TNTV

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!

    Deixe seu comentário sobre: "Região registra primeira morte por dengue e mais dois municípios em epidemia"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Principais matérias