Vale do Ivaí

Região soma mais 92 casos confirmados de dengue

São nove municípios da região com quadro epidêmico da doença, segundo relatório da Secretaria de Estado da Saúde

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Em todo Estado, mais 5.162 casos e três mortes por dengue foram confirmados
fonte: Arquivo/TN
Em todo Estado, mais 5.162 casos e três mortes por dengue foram confirmados

O boletim epidemiológico semanal da dengue, divulgado nesta terça-feira (12) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa-PR), confirmou mais 92 casos da doença nos 17 municípios pertencentes a 16ª Regional de Saúde (RS), de Apucarana.

continua após publicidade

Arapongas foi responsável pelo maior número de novas ocorrências no período: 62. Sabáudia contabilizou mais 13 casos, enquanto Cambira e Jandaia do Sul mais quatro cada um. Os outros registros foram distribuídos nos demais municípios da 16ª RS.

A região tem nove municípios em epidemia, quando o índice é superior a 300 casos para cada 100 mil habitantes: Arapongas (2.938 casos); Borrazópolis (44 casos); Bom Sucesso (95 casos); Faxinal (134 casos); Grandes Rios (57 casos), Jandaia do Sul (193 casos), Marumbi (699 casos), Sabáudia (80 casos) e Rio Bom (10 casos).

continua após publicidade

Também há casos confirmados na região em Apucarana (246), Califórnia (11), Cambira (28),  Kaloré (10), Marilândia do Sul (33), Mauá da Serra (6), Novo Itacolomi (4) e São Pedro do Ivaí (22).

PARANÁ

Em todo Estado, mais 5.162 casos e três mortes por dengue foram confirmados. De acordo com o Informe de Arboviroses, que corresponde ao período sazonal da doença iniciado em 1º de agosto de 2021, o Estado soma 74 óbitos no período, com 120.796 casos confirmados, 20.271 em investigação e 241.841 notificações.

continua após publicidade

Os três novos óbitos ocorreram entre os dias 30 de abril e 31 de maio de 2022. São três mulheres, com idades entre 78 e 87 anos. Todas tinham comorbidades. As pacientes residiam em Marechal Cândido Rondon (2) e Cianorte (1). 

Dos 385 municípios com notificações, 357 tiveram casos confirmados e 316 registraram autoctonia, quando a dengue é contraída no município de residência

O mosquito Aedes aegypti também é responsável, além da dengue, pelo zika e chikungunya. Durante este período não houve registro de casos de zika e foram detectados 27 de febre chikungunya, sendo oito autóctones e 17 importados.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News