Mais lidas

    Vale do Ivaí

    COVID-19

    Quinze municípios da região aderem ao consórcio de vacinas

    Quinze municípios da região aderem ao consórcio de vacinas
    Foto por Reprodução
    Escrito por Edison Costa
    Publicado em 09.03.2021, 10:50:50 Editado em 09.03.2021, 10:51:48
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Pelo menos 15 prefeituras da região de Apucarana aderiram ao Consórcio de Municípios do Brasil para compra de vacinas contra a Covid-19, conforme movimento organizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Em todo o Paraná, são 250 que aderiram, enquanto em todo o Brasil o número chegou a 1.703. O prazo de adesão terminou na última sexta-feira.

    Da região, fazem parte da lista da FNP, conforme ordem decrescente do número de habitantes, Apucarana, Ivaiporã, Jandaia do Sul, Faxinal, Manoel Ribas, Jardim Alegre, Mauá da Serra, São João do Ivaí, Marilândia do Sul, Califórnia, Cambira, Bom Sucesso, Borrazópolis, Lidianópolis e Novo Itacolomi. Prefeitos estão preocupados com a possibilidade de o governo federal não atender à demanda de compra e distribuição das doses, por isso estão procurando se precaver para não deixar a população desprotegida do coronavírus.

    Em Ivaiporã, o prefeito Luiz Carlos Gil (PSD), confirmou adesão ao consórcio em reunião no último sábado com sua equipe, quando também foi discutido o decreto estadual que impõe medidas restritivas para combate à Covid-19.

    “Ivaiporã aderiu, estamos aguardando agora o modelo do projeto de lei para enviarmos para Câmara de Vereadores”, disse Carlos Gil

    Segundo o prefeito, a adesão ao consorcio para aquisição conjunta foi entendida como a opção que permite mais segurança para a população.  “O ideal é que funcione o plano nacional de imunização do Ministério da Saúde e SUS, abraçado pelo Governo do Estado e que as vacinas venham de lá”, disse. Ainda segundo o prefeito, a previsão do Governo Federal para março e abril é um aumento muito grande dos imunizantes em relação ao volume que chegou em fevereiro.

    “Para março a previsão é de 18 milhões de doses e abril 25 milhões. Em fevereiro não chegou nem a três milhões de doses, o volume vai aumentar a partir de agora. Então o consórcio é quase que um seguro, uma possibilidade a mais que a gente tem, e esperamos não precisar já que o Governo Federal promete distribuir 450 milhões de doses até o final do ano”, disse Carlos Gil.

    DESCASO

    O prefeito de Faxinal e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), Ylson Cantagallo (PSD), o Gallo, disse nesta segunda-feira que seu município aderiu ao consórcio para compra de vacinas, como forma de se precaver contra possível contratempo. “O nosso governo federal está ignorando a Covid-19, está subestimando o poder do coronavírus”, justifica Gallo, que já foi acometido pela doença e ainda está em fase final de recuperação. Gallo informou que tem um pouco de dinheiro disponível para comprar parte das vacinas e, se preciso, vai financiar o restante que faltar, mesmo que a Prefeitura fique em situação financeira difícil. “Neste momento não interessa dinheiro, o que interessa é salvar a vida de nossa população”, argumenta Gallo, que isso vai ajudar na recuperação da economia e dos empregos na cidade.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Vale do Ivaí

    Deixe seu comentário sobre: "Quinze municípios da região aderem ao consórcio de vacinas"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.