Vale do Ivaí

PRF orienta condutores para passagem em locais de acidente

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia PRF orienta condutores para passagem em locais de acidente
fonte: TNOnline
PRF orienta condutores para passagem em locais de acidente

Uma carreta desgovernada por pouco não causou uma tragédia no domingo (11) a noite, na BR 369 em Arapongas. O veículo invadiu o local onde um acidente havia acabado de acontecer e por pouco não atingiu a equipe de socorro.

continua após publicidade

Caso semelhante aconteceu no último dia 07 de abril na BR 376 em Apucarana, quando uma motorista atingiu uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) que fazia o atendimento de um acidente que tirou a vida de um motociclista. Casos recorrentes chamam a atenção das autoridades de trânsito que fazem alerta aos motoristas. 

No caso de domingo, os dois acidentes ocorreram num espaço de tempo de apenas meia hora, próximo ao Trópico de Capricórnio. No primeiro caso, dois veículos se envolveram em uma colisão transversal, deixando 3 pessoas com ferimentos leves. O atendimento estava sendo realizado por socorristas com a presença de uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a pista devidamente sinalizada, quando uma carreta desgovernada invadiu a pista e acabou atingindo outros 5 veículos que passavam pelo local em baixa velocidade. Apesar do susto, apenas duas pessoas tiveram escoriações leves. 

continua após publicidade

De acordo com a PRF, o condutor do caminhão não teria percebido a sinalização do acidente, com vários cones, viaturas e ambulâncias com giroflex ligados. No mesmo local, minutos depois, outro veículo, dessa vez um gol, quase invadiu o local de atendimento dos acidentes, atropelando alguns cones de sinalização. O condutor também não teria percebido a movimentação no local e manteve a velocidade. 

Para o inspetor da PRF Marcos Vinícius da Silva, a falta de atenção do motorista é, na maioria das vezes, a causa destes incidentes. “Neste contexto existia sinalização, o condutor tinha visão do local onde estava sendo o acidente, as viaturas estavam com a iluminação ligada, vários veículos sinalizando de longe. A gente acredita que foi uma falta de atenção, e pedimos aos condutores que tenham atenção redobrada quando visualizarem qualquer objeto sobre a pista, seja cone ou placa ou ainda viaturas paradas no acostamento ou sobre a via. Primeiro visualize, sem parar o veículo, reduza a velocidade e veja o que está acontecendo, se é acidente ou obra, para onde o trânsito está sendo canalizado. Mantenha velocidade necessária para trafegar, não pare para ver ou para registrar. Graças a Deus ontem, foram apenas danos materiais, mas poderia ter sido um socorrista, um policial ou um condutor ferido com mais gravidade”, considerou.