Vale do Ivaí

Prefeitura emite nota sobre estragos na pista de caminhada

Em uma hora choveu o equivalente a 45 litros de água por m², o que resultou em um grande fluxo de vazão no canal aos fundos da pista.

Da Redação ·

O departamento de Obras da Prefeitura de Ivaiporã emitiu nesta quarta-feira (2), nota técnica sobre os estragos na pista de caminhada do Parque Ambiental Jardim Botânico, que ocorreu na tarde de terça-feira (1º ).

continua após publicidade

Diz a nota que entre as 15h00 e 16h00, segundo a medição da Sanepar, choveu uma média de 45mm – o equivalente a 45 litros de água por m², o que resultou em um grande fluxo de vazão no canal aos fundos da pista.

O canal recebe galerias pluviais de vários bairros e, com o grande volume de água, subiu o nível e passou por cima da pista, resultando em danos numa pequena parte da pavimentação (aproximadamente 30 metros lineares). A pista do Parque Jardim Botânico totaliza 980 metros.

continua após publicidade

Em relação à qualidade da pavimentação o Departamento de Obras esclarece que o pavimento foi feito em leito de pedras de mão travadas em brita graduada, onde não houve dano algum por se bem reforçada.

Ainda conforme a nota, para executar o alargamento da pista passaram máquinas e caminhões carregados sobre a pista sem causar dano algum, o que justifica tal reforço. No que se refere à capa asfalta foi executada em CBUQ e com alto teor de cimento asfáltico de petróleo visando deixá-la mais flexível para melhorar a absorção de impacto e contribuir com o conforto de quem caminha na pista. No entanto, a pista foi danificada devido à força que a água atingiu – separando da base.

O Departamento de Obras reforça que tudo foi pensado e estudado para ser uma obra de qualidade. Porém, não é possível prever catástrofes climáticas e sim preveni-las.