Vale do Ivaí

Prefeitura de Ivaiporã segue decreto estadual

Novo decreto municipal foi editado na terça-feira

Da Redação ·

A Prefeitura de Ivaiporã editou na terça-feira (18), novo decreto de enfrentamento e prevenção à pandemia causada pelo coronavírus, considerando o aumento de novos casos da Covid-19 no município. O documento segue o decreto estadual e aumenta restrições.

continua após publicidade

Toque de recolher 

Fica instituído no período das 22h00 às 05h00 diariamente – a partir das 22h00 do dia 18 de maio às 05h00 do dia 2 de junho, podendo funcionar os serviços essenciais listados nos Artigos 40 e 50 do Decreto Estadual 6.983/2021 e Lei Municipal 3.536/2021.

continua após publicidade

Comércio não essencial

Deverá obedecer ao horário do alvará de funcionamento, desde que respeitado o toque de recolher e as normas sanitárias vigentes, devendo permanecer fechado aos domingos. Com objetivo de reduzir a circulação de pessoas na rua. 

Lanchonetes, restaurantes, sorveterias, barracas, quiosques, lojas de conveniência e afins Poderão funcionar conforme horário do alvará de funcionamento, respeitando o toque de recolher, devendo permanecer fechados aos domingos. Durante o toque de recolher e aos domingos fica permitida a entrega – devendo obedecer às medidas de combate ao coronavírus. Ver Decreto 13.734 de 18 de maio. 

continua após publicidade

Bares e afins 

Poderão funcionar conforme horário do alvará de funcionamento, respeitando o toque de recolher, devendo permanecer fechado aos domingos e obedecer às medidas de combate ao coronavírus. Ver Decreto 13.734 de 18 de maio. 

Distribuidoras de bebidas 

continua após publicidade

Poderão funcionar conforme o alvará de funcionamento, respeitando o toque de recolher e devendo permanecer fechadas aos domingos, além de obedecer às normas de combate ao coronavírus. Ver Decreto 13.734 de 18 de maio. 

Supermercados, açougues, mercearias, padarias, frutarias e afins

continua após publicidade

Poderão funcionar conforme consta no alvará de funcionamento, obedecendo ao toque de recolher às normas sanitárias vigentes. Ver Decreto 13.734 de 18 de maio.

Barbearias, salões de beleza e cabeleireiros, clínicas de estética e afins

Poderão funcionar conforme o alvará de funcionamento, respeitando o toque de recolher, devendo permanecer fechado aos domingos, obedecendo às normas sanitárias vigentes, distanciamento entre as cadeiras de no mínimo 1,5 metros, devendo realizar atendimentos somente com horário agendado, não sendo permitido, em hipótese alguma, fila de espera dentro estabelecimento.

continua após publicidade

Clubes e associações recreativas

Poderão funcionar, conforme os alvarás de funcionamento, para fins de prática esportiva, devendo permanecer fechados aos domingos, observado o limite máximo de ocupação de 50% desde que respeitadas as normas sanitárias e de higienização previstas no Decreto 13.734 de 18 de maio.

Atividades esportivas recreativas individuais e coletivas

continua após publicidade

Fica autorizada a realização de atividades esportivas recreativas individuais e coletivas, tais como tênis, tênis de mesa, futebol, futsal, vôlei, basquete, handebol, futevôlei, vôlei de areia, etc., em campos de futebol e demais complexos desportivos localizados no âmbito do município de Ivaiporã – exceto aos domingos. 

Saunas e piscinas 

continua após publicidade

Poderão funcionar observado o limite máximo de ocupação de 50% desde que respeitadas as normas sanitárias e de higienização previstas no Decreto 13.734 de 18 de maio. Exceto aos domingos

Parques e praças 

Fica permitida a prática de atividades individuais ao ar livre, que não envolvam contato físico entre as pessoas – obrigatório o uso de máscara e observado o distanciamento social. 

continua após publicidade

Cultos presenciais

Fica autorizada a realização de cultos presenciais com limite de 50% e respeitando o distanciamento mínimo e medidas sanitárias estabelecidas. Ou de forma online. 

Academias 

continua após publicidade

Poderão funcionar conforme alvará e devendo permanecer fechadas aos domingos, respeitando o limite de horário do toque de recolher, com 50% da capacidade total, desde que respeitem as normas sanitárias e de higienização previstas no Decreto 13.734 de 18 de maio.

Transporte público municipal

continua após publicidade

Fica autorizada a utilização do transporte público municipal mediante a apresentação da carteirinha obtida por meio de cadastro no Departamento Municipal de Assistência Social.

Eventos sociais e atividades correlatas

Ficam suspensos até 2 de junho, enquanto perdurar os efeitos do Decreto 13.734 de 18 de maio a realização de eventos sociais e atividades correlatas – festas, eventos, recepções, churrascos, etc., ressalvadas as atividades realizadas no núcleo residencial familiar, limitado ao máximo de 10 pessoas.

continua após publicidade

Repartições públicas e privadas de trabalho

Intensificar as medidas de higiene de superfícies e áreas circulantes. Ver Decreto 13.734 de 18 de maio.

Acima de 5 funcionários

continua após publicidade

Deverão auferir a temperatura de todas as pessoas que ingressar no ambiente e vedada entrada daquelas que apresentar estado febril ou febre (temperatura acima de 37,1º).

Filas de espera

Todos os estabelecimentos deverão tomar as medidas necessárias para organizar eventuais filas de espera e obedecer ao espaçamento de 1,5m.

Velórios e funerais

Ficam mantidas as restrições para realizar velórios e funerais, tanto em residências quanto em funerárias e cemitérios, estipulando velório de falecidos por causas NÃO relacionadas ao coronavírus, ou que não tenham indícios de contaminação; e velório de falecidos cuja causa mortis seja doenças ou complicações infectocontagiosas relacionadas ao Covid-19 ou que haja indícios de contaminação. Ver demais regras no Decreto 13.734 de 18 de maio.

Penalidades

A circulação em vias públicas sem o uso de máscaras e/ou após o toque de recolher implicará em multa de R$ 1.040,90 – 14 UFI. 

Descumprimento As medidas sanitárias destinadas às atividades comerciais industriais e aos prestadores de serviços implicarão em multa de R$2.007,45 – 27 UFI. Em caso de reincidência o valor será aplicado de forma dobrada.

Covid-19 positivo 

As pessoas que testar positivo para coronavírus, bem como as suspeitas ou aguardando o resultado, que circular, infringindo o período de quarentena/isolamento, estão sujeitas à multa de R$3.048,35 – 41 UFI.

Denúncias

Fica estabelecido o número (43) 98457-1928 para denúncias.