Vale do Ivaí

PM de Marilândia do Sul investiga furto e descobre ponto de receptação

A partir do furto praticado em um veículo estacionado, policiais abordaram pessoa que confessou ter feito o furto para pagar dívida de drogas

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O dinheiro, os objetos e as porções de droga apreendidos pela Polícia no local da ocorrência, em Marilândia
fonte: Divulgação PMPR
O dinheiro, os objetos e as porções de droga apreendidos pela Polícia no local da ocorrência, em Marilândia

Ao investigar um caso de furto simples na cidade, a Polícia Militar de Marilândia do Sul acabou estourando um ponto de receptação de produtos furtados em um local já conhecido de tráfico de drogas, que seria comandado por um adolescente de 17 anos. Três pessoas foram encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil e vários objetos recuperados, além de apreendida algumas porções de entorpecentes.

continua após publicidade

A ocorrência começou com dois homens vítimas de furto. Eles estavam realizando um trabalho de evangelização na cidade e deixaram o veículo estacionado sem travar as portas. Quando voltaram, perceberam que havia ocorrido um furto. Levaram um aparelho celular e uma quantia em dinheiro.

Como o veículo estava estacionado numa região próxima a um conhecido ponto de drogas da cidade, a equipe da PM fez diligências nas proximidades, quando abordou uma pessoa que de imediato confessou ter praticado o furto no veículo. A pessoa relatou aos policiais que um adolescente de 17 anos, que seria um dos responsáveis pelo ponto de tráfico no local, havia determinado que ele fosse praticar o furto no carro, pois saberia que o carro estava destrancado. A pessoa explicou aos policiais que tem uma dívida com o adolescente, por conta do consumo de drogas e disse que teria sido ameaçada de morte caso se recusasse a fazer o furto.

continua após publicidade

O primeiro abordado confessou que fez o furto e que passou R$ 1.840 em dinheiro para o adolescente. Com ele, os policiais ainda encontraram mais R$ 1.498,10 e o celular que havia sido furtado no carro.

Após essa abordagem e com o relato, a equipe foi até a residência onde funcionaria o ponto de tráfico. No local, identificaram o adolescente de 17 anos, a mãe dele e uma garota de 14 anos, que seria a convivente do rapaz. Na abordagem, os policiais encontraram os R$ 1.840 e uma porção de maconha, no quarto do rapaz.

No quintal da casa, os policiais encontraram 5 invólucros com porções de crack 16 eppendorfes vazios. Por ser um quintal com muito mato, a equipe policial pediu apoio da equipe do canil, mas nada mais foi localizado na área.

continua após publicidade

A Polícia Militar acionou o Conselho Tutelar para acompanhar a ocorrência, uma vez que na casa também estava uma criança, de 11 anos.  Na residência, a equipe policial também apreendeu diversos objetos que as pessoas da casa não souberam informar a procedência, nem apresentaram notas de posse e propriedade. A primeira pessoa abordada na ocorrência informou que alguns dos objetos apreendidos haviam sido repassados por ela mesma para quitar parte da dívida de drogas.

No local a polícia apreendeu três aparelhos celular, um computador com monitor, uma máquina de pressão para lavar calçadas, utensílios domésticos, objetos pessoais e diversos eletroeletrônicos. O casal de adolescentes e a mãe do rapaz foram encaminhados à Delegacia de Polícia.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News