Vale do Ivaí

Pacientes da Saúde são atendidos por classificação de risco

Com o Protocolo de Manchester os atendimentos de acordo com a classificação de risco

Da Redação ·
Departamento Municipal de Saúde de Ivaiporã
fonte: TN Online/Arquivo
Departamento Municipal de Saúde de Ivaiporã

A Portaria 2.048/2002 (Sistemas Estaduais de Urgência e Emergência) do Ministério da Saúde propõe a implantação de Triagem Classificatória de Risco nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a Prefeitura de Ivaiporã segue a recomendação adotando o Protocolo de Manchester, que inclui as cores vermelha, amarela, verde e azul.

continua após publicidade

Com o Protocolo de Manchester o profissional de saúde prioriza os atendimentos de acordo com a classificação de risco – especialmente quando se tratar de urgência e emergência, levando em consideração os sintomas relatados pelo paciente. Os sintomas são inseridos em um sistema, que gera a cor correspondente à classificação de risco.

Vermelho (Urgência): Parada cardiorrespiratória; coma; traumatismo crânio encefálico grave; insuficiência respiratória; crise convulsiva; politraumatizado grave; acidente vascular encefálico; e infarto agudo do miocárdio. 

continua após publicidade

Amarelo (Emergência): Alterações súbitas de comportamento; agitação; confusão mental e desmaios; crise asmática moderada; intoxicação; febre (acima de 40 graus); luxação; entorse; e acidentes por animais peçonhentos (moderado e leve).

Verde (Pouco Urgente): Pessoas acima de 60 anos; gestantes ou deficientes físicos sem sinais clínicos de alarme; dor de cabeça leve ou moderada em outras partes do corpo; abscesso; vômito e diarreia sem sinais de desidratação; e alteração do nível consciência.   

Azul (Casos Leves): Situações sem risco de vida; tosse crônica sem sintomas associados; e condições que devem ser encaminhadas à UBS, tais como renovação de receita e encaminhamento ao especialista.  

continua após publicidade

A diretora do Departamento Municipal de Saúde, Cristiane Pantaleão, explicou que um dos objetivos da Portaria 2.048/2002 é consolidar o Sistema Único de Saúde (SUS) refletindo na forma e no resultado do atendimento do usuário do SUS. “A meta é garantir o melhor acesso aos serviços de urgência e emergência; humanizar o atendimento; e oferecer um atendimento rápido”, acrescentou Cristiane Pantaleão. 

 

 Classificação de Risco fonte: Assessoria PMI
Classificação de Risco